Consórcio Nordeste economiza 30% de recursos em compra coletiva de medicamentos
Foto: Reprodução/Flickr

A compra conjunta de medicamentos pelo Consórcio Nordeste resultou em uma economia de cerca de R$ 48 milhões aos cofres dos governos dos nove estados da região. O valor, conforme apuração da Folha de S. Paulo, corresponde a uma economia de 30%.

 

A primeira licitação está em andamento, em fase final, e se trata da aquisição de 10 tipos de medicamentos.

 

Reportagem da Folha destaca que no caso dos estados adquirirem os medicamentos individualmente o recurso empregado na compra seria em torno de R$ 166 milhões. Através da compra coletiva o valor caiu para R$ 118 milhões.

 

A previsão é de que a licitação seja homologada até a semana que vem, em 15 de novembro. Ainda conforme a Folha, o resultado é o principal ponto de uma carta que os governadores nordestinos que será divulgada ainda nesta quarta-feira (6), após reunião realizada no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco.

Histórico de Conteúdo