Mulher dá à luz em motel de SP e casal é multado por 'orgia' com equipe médica
Foto: Arquivo Pessoal

Junto com a chegada da pequena Chloe o casal Priscila e Vitor experimentou vários episódios incomuns. A mulher deu à luz em um motel de São Paulo e eles ainda foram multados em mais de mil reais por "orgia".

 

O casal planejava que o parto acontecesse em um hospital, mas Priscila não atingiu a dilatação. Eles então decidiram passar a noite em um motel porque no dia em questão, 7 de setembro, a cidade enfrentava greve de ônibus.

 

Segundo reportagem da Veja, durante a noite Priscila teve contrações e na manhã seguinte entrou em trabalho, não deu tempo de voltar para o hospital e Chloe nasceu no motel em que os pais estavam hospedados.

 

“Minha esposa começou a gritar ‘Vai nascer! Vai nascer’ e às 9h40 estourou bolsa. Priscila entrou no banho, mas começou a sair muito sangue”, relembra Vitor. “No banho, minha esposa se tocou e sentiu Chloe já coroada. Exausta e sem forças, ela caminhou de perna aberta até a cama. Foi quando vi a cabeça da bebê para fora. Que adrenalina!”, relatou Vitor ao veículo.

 

O papai recebeu orientações da doula, que não conseguiu chegar a tempo, através do celular, em uma vídeoconferência. “Uma mão segurava o telefone e a outra, abaixo da Pri, esperando a Chloe sair“, lmebrou ele.

 

O parto em local inusitado acabou submetendo o casal a pagar R$ 1082 pela estadia e uma multa por “orgia”, por causa do número excedente de pessoas no quarto, os pais, a bebê e a equipe média, além da higienização necessária.

Histórico de Conteúdo