Campanha de vacinação contra influenza imuniza 60 mil em Salvador; meta é 570 mil
Erasmo Salomao / Ministério da Saúde

A campanha nacional de vacinação contra a gripe já imunizou 60 mil pessoas em Salvador. O número corresponde à 10% do grupo prioritário, que é o alvo da ação. Professores, trabalhadores de saúde, purpúreas, crianças, gestantes e idosos representam o grupo.

 

De acordo com os dados apresentados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a maior procura pela vacina foi das crianças (30 mil), seguido dos idosos (11 mil). Pessoas com doenças crônicas (2,3 mil), purpúreas (1 mil) e professores (841) foram os grupos com menor busca pela vacina.

 

A subcoordenadora de controle de doenças imunopreviníveis, Doiane Lemos, falou sobre a baixa procura pela vacina. “A baixa procura pela vacina por esses grupos nos preocupa já que neste ano de janeiro a abril, foram registrados 70 casos e 03 óbitos por causa da Síndrome Respiratória Aguda. A vacina pode reduzir em até 45% o número de hospitalizações por pneumonias e até 75% a mortalidade global por complicações da influenza", disse.

 

A meta da Secretaria Municipal de Saúde é que 90% da população elegível esteja vacinada até o fim da campanha, o que corresponde a 570 mil pessoas. Na última segunda-feira (22), o Ministério da Saúde incorporou as classes de policias civis, bombeiros, militares e membros ativos das Forças Armadas na imunização. 

Histórico de Conteúdo