Serviço de desospitalização pelo SUS vai liberar 600 vagas para a regulação
Foto: Divulgação

Com o investimento do Governo do Estado de R$ 26,6 milhões para execução de serviços de saúde no domicílio, juntamente com a abertura do Hospital Alayde Costa e do Centro de Hemodiálise do Subúrbio, o serviço de atenção domiciliar vai oferecer cerca de 800 leitos à Central Estadual de Regulação. O programa foi apresentado num encontro com diretores de hospitais estaduais nesta quinta-feira (20), em Salvador.


O credenciamento das empresas de serviço domiciliar abrange as nove macrorregiões do estado e já está ativo em 31 municípios. As equipes dos serviços credenciados estão vinculadas às unidades hospitalares habilitadas pelo Ministério da Saúde e tem a garantia de retorno à unidade de referência sempre que necessário.


Os pacientes assistidos em casa terão um conjunto de ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção à saúde.


Para ter acesso ao programa, os pacientes deverão estar internados em unidades hospitalares da rede estadual, com diagnóstico confirmado, quadro clínico estável e plano terapêutico definido.

Histórico de Conteúdo