Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ebola já infectou mais de 900 pessoas na África Ocidental e matou mais de 600, diz OMS
Foto: MSF
Mais de 900 pessoas já foram infectadas com o vírus do ebola na África Ocidental, e mais de 600 já morreram, segundo ultima apuração da Organização Mundial da Saúde (OMS). Nos últimos quatro dias, novos casos foram registrados na Guiné, Libéria e Serra Leoa. Na Guiné, foram registrados seis casos e três mortes, e eleva o número de infectados no país para 406, com 304 mortes. Na Libéria, foram registrados mais 30 casos e 13 mortes em três dias, e em Serra Leoa, houve 49 novos casos e 52 mortes. A OMS afirma que a doença persiste e a população na abandona hábitos antigos, como lavar e abraçar os cadáveres antes de enterrá-los, o que expõe ao contágio com o vírus. O ebola é transmitido por contato direto com o sangue e fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, e causa hemorragias graves, com taxa de mortalidade de 90%. O Centro de Coordenação Epidêmico em Conacri para dar apoio aos países afetados deve entrar em funcionamento nesta semana. A OMS ativou a Rede Global de Alerta e Resposta (Goarn, na sigla em inglês), formada por agências internacionais, governos, universidades, e outras entidades, para que especialistas possam ir aos três países que sofrem com o surto da doença. 

Histórico de Conteúdo