Sem novas vagas, Salvador teria lotado leitos pediátricos nesta quarta
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Salvador ganhou 10 novos leitos clínicos pediátricos para Covid-19 nesta quarta-feira (28) e passou de 27 para 37 vagas. A medida evitou a lotação total deste tipo de unidade de tratamento para crianças e adolescentes. 

 

Os boletins da Secretaria da Saúde (Sesab) mostram que nesta terça-feira (27) eram 19 pacientes pediátricos internados na enfermaria com a infecção pelo novo coronavírus, e nesta quarta o número passou para 28. Sem o acréscimo de 10 leitos, faltaria vaga.

 

O mês de outubro registra até o momento a maior média de pacientes pediátricos internados em UTIs Covid na Bahia. A taxa de ocupação desse tipo de leito tem se mostrado em curva acendente no estado nas últimas semanas, e saltou de cerca de 40% para 80% em 15 dias (lembre aqui e aqui).

Casos ativos da Covid-19 na Bahia crescem pelo 3º dia consecutivo
Foto: Paula Fróes / GOVBA

A Bahia teve mais um dia de crescimento do número de casos ativos da Covid-19 nesta quarta-feira (28). É o terceiro dia consecutivo de crescimento das pessoas ainda doentes, que agora são 7,405. A última vez que o estado registrou um número maior que esse foi em 30 de setembro. 

 

Nas últimas 24 horas a secretaria da Saúde (Sesab) contabilizou 1.990 novos casos da Covid-19 e 27 novas mortes. Agora a Bahia soma 349.711 casos confirmados desde o início da pandemia e 7.546. 

 

Em Salvador são 1.137 casos ativos.

 

Os leitos de UTI na Bahia apresentam taxa de ocupação em 55,17%. 

Primeira-dama destaca importância de parceria com Ivete para transplante no Martagão
Foto: Amanda Oliveira/ GOVBA

A parceria e apoio da cantora Ivete Sangalo na modernização e ampliação do Hospital Martagão Gesteira foram destacados pela primeira-dama do Estado e presidente da das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, ao comemorar o transplante pediátrico pioneiro de medula óssea pelo SUS na Bahia realizado na unidade (leia aqui).

 

Esse tipo de transplante era realizado no estado somente em pacientes com idade a partir dos 14 anos. As crianças mais novas eram submetidas ao procedimento em unidade de saúde de outros estados.

 

A paciente Isabela Cerqueira passou pelo procedimento, no dia 6 deste mês, tem 4 anos e já recebeu alta do hospital. “Os baianos podem sempre contar com nossos esforços e esse marco agradeço, também, ao meu marido Rui Costa que embarca nos meus sonhos”, disse a primeira-dama.

 

“A expansão dos serviços do Hospital Martagão Gesteira é fruto das parcerias que a gente faz com os baianos do bem, e aqui, agradeço a minha amiga Ivete Sangalo, que junto com as Voluntárias Sociais, realizou dois grandes shows para a ampliação do hospital. São quase R$ 5 milhões de reais de investimentos”, destacou Aline.

Reino Unido pode disponibilizar vacina contra covid-19 antes do Natal
Foto: Reprodução / Agência Brasil

Uma vacina contra a Covid-19 pode ser disponibilizada para algumas pessoas no Reino Unido antes do Natal, mas um lançamento no início de 2021 é o mais provável, disse Kate Bingham, a responsável pela aquisição de possíveis imunizantes no país, nesta quarta-feira.

 

De acordo com a Agência Brasil, Bingham disse a BCC que se as primeiras duas vacinas, ou qualquer uma delas, mostrarem que são seguras e eficazes, existe a possibilidade da disponibilização antes das festas de fim de ano.

 

"Mas se não, acho que é mais realista esperar para o início do ano que vem", disse. 

Vice de Maduro diz que OMS analisa molécula venezuelana que 'inibe 100%' o coronavírus
Foto: Divulgação

A Organização Mundial da Saúde começou os procedimentos de certificação e registro de uma molécula que teoricamente inibe 100% o novo coronavírus. O anúncio foi feito por Delcy Rodríguez, vice-presidente da Venezuela, onde o composto foi produzido, de acordo com a CNN. 

 

“Queremos informar que formalizamos esse estudo antes que a OMS inicie os procedimentos internacionais para certificação e registro desse achado tão importante e transcendental”, afirmou Rodríguez. 

 

A integrante do atual governo venezuelano tem um vídeo, ao lado de Jorge Arreazza, ministro das Relações Exteriores do país, no qual aparece se reunindo com o representante da OMS por lá, Dr. Pier Paolo Balladelli.

 

“Tivemos a possibilidade e a oportunidade de compartilhar com Balladelli, demos a ele informações precisas sobre essa linha de pesquisa que está sendo desenvolvida pela comunidade científica venezuelana”, disse Rodríguez.

 

Segundo o presidente Nicolás Maduro, essa molécula foi encontrada por pesquisadores em estudos pré-clínicos. Ela seria "pertencente a uma planta medicinal" que inibe 100% o vírus causador da Covid-19. O nome é molécula DR-10.

 

Até o momento, as afirmações dos chefes do governo da Venezuela não têm comprovação científica. 

Brasil tem apenas 35% de vacinados contra a pólio; campanha termina nesta sexta
Foto: Divulgação

O Brasil atingiu, até esta segunda-feira (26), um índice de apenas 35% do público-alvo na cobertura de vacinação contra a poliomelite. Os dados são do Ministério da Saúde, e foram divulgados pela Agência Brasil. Na Bahia, esse número é de apenas 30% (veja aqui). 

 

Isso significa que 4 milhões de crianças, que possuem de 1 a 5 anos, foram imunizadas contra a doença. A campanha termina na próxima sexta-feira (30) e ainda faltam 7,3 milhões de crianças para o governo atingir a meta necessária.

 

“Entre o público-alvo da vacinação, a maior cobertura, até o momento, foi registrada entre as crianças de 2 anos de idade (35,33%) e a menor cobertura foi entre as crianças de 3 anos (34,23%). Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina oral de poliomielite (VOP) protege contra dois sorotipos do poliovírus (1 e 3) e a vacina inativada (VIP), contra os três sorotipos (1, 2 e 3)”, informou por meio de nota o Ministério da Saúde.

 

Ainda de acordo com a pasta, é recomendado que crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, sejam avaliadas pelo serviço de saúde antes de tomarem a vacina. O ministério, no entanto, garante que a vacina “é extremamente segura e possui eficácia entre 90% e 95% para a VOP”.

 

A recomendação aos estados que não atingirem a meta é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano nos mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo país.

Secretário de Saúde defende reabertura de Salvador: 'Não podemos matar as empresas'
Secretário de Saúde de Salvador | Foto: Bahia Notícias

O secretário de Saúde de Salvador, Leonardo Prates (PDT), reacendeu nesta quarta-feira (28) o debate entre a manutenção de empregos frente às medidas restritivas impostas em razão da Covid-19. O secretário defendeu a flexibilização da quarentena como forma de garantir a continuidade de empreendimentos na capital baiana. 

 

Segundo Leo, a situação em Salvador “está sob controle”, o que justifica o avanço da reabertura da cidade. “A situação é boa. Nós temos regulado menos pacientes dentro das UPAs, temos uma curva de óbito em estabilidade e temos um crescimento leve da média móvel de novos casos. A pandemia está sob controle. Estamos em uma cidade pobre, em um país pobre. Governar é escolher prioridades. Nossa prioridade é a vida, mas nós precisamos também não matar as empresas da nossa cidade”, disse em entrevista ao Isso é Bahia, de A Tarde FM e Bahia Notícias. 

 

A atualização da taxa de ocupação de leitos de UTI para o tratamento de pacientes com quadro grave da Covid-19 aumentou 5% entre esta segunda (26) e terça-feira (27). Os novos casos da doença confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,34%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (8.235,37), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.484,29,) Madre de Deus (6.414,45), Apuarema (6.084,58) (saiba mais aqui). 

Quarta, 28 de Outubro de 2020 - 09:10

Rui anuncia Hospital do Servidor em Salvador; Espanhol pode sediar unidade

por Bruno Luiz / Lucas Arraz

Rui anuncia Hospital do Servidor em Salvador; Espanhol pode sediar unidade
Unidade recebeu centro de tratamento para Covid-19 | Foto: Reprodução / Secom-BA

O governo da Bahia iniciou estudos de viabilidade para transformar o Hospital Espanhol, em Salvador, em uma unidade de saúde exclusiva para atendimento de servidores públicos pelo Planserv. 

 

O Hospital do Servidor, como classificou o governador Rui Costa (PT) nesta quarta-feira (28), terá sua implantação e possibilidades de serviços estudados. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) irá avaliar o projeto de desapropriação e aquisição do Hospital Espanhol para o projeto. A unidade foi contratada pelo governo para receber uma unidade de tratamento da Covid-19 durante a pandemia. 

 

Um dos argumentos do governador para seguir com a medida de implantar um hospital exclusivo para atendimento de servidores é a aprovação do modelo por outros estados brasileiros. Uma das referências é o estado de São Paulo, que possui o dobro de usuários da Bahia e ainda assim gasta menos com a cobertura de saúde dos servidores. 

 

Enquanto o Planserv contou com uma receita superior a R$ 1,5 bilhão em 2018, investido no custeio das consultas, exames e demais procedimentos médicos para os 517 mil beneficiários. O orçamento da estrutura de assistência à saúde do servidor do estado de São Paulo no mesmo período, segundo consta na Lei Orçamentária, foi de R$ 1,2 bilhão para fornecimento de serviços de saúde aos seus 1,3 milhão de usuários, mais que o dobro do número de beneficiários baianos (entenda melhor aqui).

 

COBERTURA
De acordo com a gestão estadual, o hospital abrangerá toda a Região Metropolitana de Salvador, não restringindo o acesso apenas aos beneficiários dessas localidades, mas a todos aqueles que necessitem dessa prestação de serviço hospitalar, no limite de sua capacidade operacional, em todo o Estado, desde que qualificados como beneficiários do Planserv.

Rússia envia pedido de pré-qualificação da Sputnik V à OMS
Foto: Rodrigo Nunes/MS

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, o fundo de riqueza soberana da Federação Russa) enviou pedidos à Organização Mundial da Saúde (OMS) para um procedimento de registro acelerado e pré-qualificação da primeira vacina registrada do mundo contra o coronavírus, a Sputnik V.

 

O imunizante foi criado em um sistema de uma plataforma de vetores adenovirais humanos.

 

A Federação Russa tornou-se um dos primeiros países do mundo a solicitar à OMS a pré-qualificação de sua vacina contra a nova infecção por coronavírus.

 

O Programa de Pré-Qualificação é um programa das Nações Unidas coordenado pela OMS. É o único programa global de garantia de qualidade de medicamentos. Na pré-qualificação de medicamentos, a OMS avalia a qualidade, a segurança e a eficácia dos mesmos. Sujeito ao cumprimento dos requisitos estabelecidos e dos padrões da OMS, o produto médico é incluído na lista de medicamentos pré-qualificados.

 

Diante de uma pandemia, o registro acelerado de uma vacina sob o procedimento EUL tornará a vacina russa disponível para todo o mundo em um período de tempo menor do que os procedimentos convencionais e apoiará os esforços globais para prevenir a infecção por coronavírus. A pré-qualificação bem-sucedida permitirá que a Sputnik V seja incluída na lista de medicamentos usados por organizações de compras internacionais e países para gerenciar a compra a granel de medicamentos.

Leitos de UTI crescem 41% em um ano na Bahia; número de respiradores saltou 43%
Foto: Divulgação

Os leitos de UTI disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) da Bahia cresceram 41% em comparação com o mesmo período de 2019. Os dados foram apresentados pelo secretário da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, durante participação no Fórum de Inovação e Gestão em Saúde. Na ocasião o gestor citou o crescimento no número de leitos como exemplo do esforço da administração estadual  para garantir a assistência aos pacientes com diagnóstico da Covid-19 e que, atualmente, tornou-se um legado da pandemia.

 

O evento foi realizado nesta terça-feira (27), em formato digital.  

 

"Nossa capacidade diagnóstica saltou de dezenas de exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro na detecção da Covid-19, por dia, para cerca de 5 mil análises diárias. Também ampliamos e descentralizamos a triagem e assistência hospitalar para todas as macrorregiões de saúde, possibilitando que não fosse necessária a transferência de pacientes para a capital", destaca o secretário, ao pontuar ainda que "optamos por fazer uma expansão dentro da capacidade máxima possível, sem definição de teto orçamentário, de modo que nenhum baiano ficasse sem atendimento ou fossemos acusados de termos feito menos do que era possível", explica Vilas-Boas.

 

O secretário também apesentou dados sobre o crescimento na quantidade de ventiladores pulmonares disponíveis no estado, e ainda o número de leitos clínicos. De acordo com a Sesab, a Bahia passou de 2.497 respiradores no SUS para 3.449, um acréscimo de 43%. Enquanto que o total de leitos clínicos subiu de 6.880 para 8.194 em 12 meses.

 

A subsecretária da Saúde da Bahia, Tereza, Paim, foi a moderadora do Fórum que contou ainda com a presença dos secretários estaduais da Saúde de Minas Gerais e Goiás, além do superintendente e diretor assistencial do Instituto de Gestão e Humanização.

Histórico de Conteúdo