Contraída em banheiro público, bactéria faz pele de mulher 'apodrecer e cair'
Foto: Reprodução / Daily Mail

Um ano após ser diagnosticada com acne, uma mulher de 33 anos descobriu que os sintomas dos quais reclamava eram, na verdade, consequência de uma infecção por uma bactéria. Moradora da Carolina do Sul (EUA), Rachel Star Wthers foi infectada pela Klebsiella oxytoca ao lavar um rosto em um banheiro público.

 

Apenas após pedir desesperadamente aos médicos e apresentar sintomas sérios, a paciente passou por exames. Rachel apresentava, segundo Daily Mail, reações em todo o corpo, incluindo feridas que sangravam e deixavam buracos em seu rosto.

 

"Notei que meu tórax começou a ficar vermelho aleatoriamente, por cerca de cinco a 10 minutos, antes de se dissipar", contou Rachel. "Eu me tornei constantemente exausta e comer era difícil, porque tudo me deixava enjoada. No total, perdi 9,5 kg".

 

 

Os profissionais deciram, então, colocá-la em uma área de isolamento, por suspeita de peste ou lepra. A paciente passou oito noites isolada, com soro e morfina para a dor.

 

"Eu deveria ter as partes infectadas do meu rosto cortadas para testes, mas enquanto esperava pelo cirurgião plástico, as partes mortas do meu rosto e da minha perna apodreceram e caíram. Novo tecido começou a crescer nos primeiros dias", acrescentou.

 

Apesar do sucesso do tratamento, os médicos não tinham certeza da infecção contraída pela paciente. Os profissionais indicavam que ela foi infectada por uma bactéria que não é encontrada nos EUA, durante uma viagem à Ásia algumas semanas antes do início dos sintomas. A maior probabilidade era Klebsiella oxytoca.

 

"Meus documentos de alta hospitalar têm apenas 'infecção' como diagnóstico final", criticou Rachel. "Antes de ser admitido no hospital, vi 10 médicos diferentes e, depois que entrei no hospital, tive cinco médicos observando meu caso".

 

Após o tratamento, a paciente ficou com algumas cicatrizes no rosto. Ela acrescentou que precisa de medicação para dormir e ainda apresenta, em alguns momentos, manchas vermelhas que desaparecem, no tórax e nas cicatrizes.

MP-BA pede restabelecimento de urgência ginecológica no Hospital Clériston Andrade
Foto: Divulgação

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação civil, com pedido de tutela de urgência, na qual solicita o restabelecimento do serviço de urgência e emergência ginecológica no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana. O prazo estabelecido foi de 10 dias.

 

“Constatamos que a interrupção do atendimento de urgência/emergência ginecológica do HGCA se deu por decisão unilateral da administração local após a transferência do serviço de Obstetrícia para o Hospital Estadual da Criança (HEC). Com a cessão dos profissionais médicos estatutários que atendiam no HGCA para o HEC, o serviço foi indevidamente interrompido, gerando grande instabilidade aos usuários e aos diversos outros estabelecimentos de saúde do Município”, destacou o promotor de Justiça Audo da Silva Rodrigues.

 

Rodrigues ressaltou que, além de Feira de Santana, a população de 126 municípios da região ficou sem atendimento na especialidade. “Com a transferência da obstetrícia para o Hospital Estadual da Criança, este acabou por absorver o material humano para o desenvolvimento das atividades de obstetrícia de alto risco, que até então eram desempenhadas pelo HGCA”, acrescentou. No entanto, segundo o promotor, o HGCA a única credenciada para o atendimento de ginecologia de urgência e emergência de alto risco em Feira de Santana.

Governo do Estado inaugura duas classes hospitalares no bairro de Cajazeiras
Foto: Divulgação

Com o objetivo de garantir o acesso à educação para estudantes que estão em tratamento e não podem deixar o ambiente hospitalar, o governo do Estado inaugurou nesta quarta-feira (20) duas classes hospitalares nos hospitais Eládio Lassere e Instituto Couto Maia, ambos no bairro de Cajazeiras. Os equipamentos beneficiarão, mensalmente, uma média de 400 estudantes.

 

"A modalidade busca atender as necessidades específicas desses alunos, porque não podemos trabalhar com a mesma lógica de uma sala de aula. Para obtermos resultados eficientes, precisamos respeitar as especificidades que encontramos aqui com um tempo de aula mais adequado, diferentes formas de abordagem e acompanhamento", explicou o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues.

 

"Além de ter um efeito importante em manter o nível de educação, existe a autoestima e o estimulo intelectual, que são fundamentais para a recuperação", acrescentou o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

 

Na capital, também já está em funcionamento a Classe Hospitalar do Hospital Geral Roberto Santos, inaugurada em junho de 2018. A iniciativa faz parte do Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO), que já beneficiou 2.182 estudantes em Salvador, Ilhéus, Itabuna e Feira de Santana.

 

O programa leva professores da rede estadual para dar aulas dentro dos hospitais, possibilitando que os alunos continuem os seus estudos. O projeto também atende em domicílio aqueles estudantes que, igualmente, estão impedidos de frequentar a escola.

Casal é preso por quase matar filho de fome; criança comia apenas fórmula de batatas
Foto: Reprodução / Ric Mais

Um casal foi detido nos Estados Unidos após autoridades locais descobrirem que seu bebê de cinco meses quase morreu de fome. Julia French, 20 anos, e Robert Buskey, 31 anos, foram acusados de negligência por decidirem, segundo o jornal The Sun, alimentar o filho apenas com uma mistura de purê de batata.

 

Os investigadores descobriram que, depois do nascimento, o menino engordou apenas um quilo. "Em um ponto, quando a criança estava se saindo bem e saudável e ganhando peso, ele estava comendo a fórmula orgânica e eles a modificaram por conta própria. Eu nunca vi uma criança neste nível, tão perto da possível morte", disse o detetive da polícia de Titusville, Lauren Watson.

 

Os pais da criança são veganos e receberam de um médico a prescrição de uma fórmula para alimentação do filho. O Departamento de Crianças e Famílias da Flórida (DCF) disse que o menino estava obviamente desnutrido, com as costelas visíveis e os olhos parecendo afundados.

 

A polícia informou que o casal tinha condições financeiras para pagar a fórmula prescrita. Eles não apresentaram nenhuma razão para não fornecer o alimento à criança.

 

O bebê está sob custódia do DCF e internado em um hospital para recuperação. Desde o último dia 14, ele ganhou meio quilo apenas com fluidos. De acordo com documentos do tribunal, quando foi encontrado, ele estava "letárgico e não chorava" e "apresentou dificuldades em manter sua temperatura e açúcar devido à desidratação e desnutrição".

Em vídeo gravado no Amazonas, médico agride mulher em trabalho de parto
Foto: Reprodução / Facebook

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um médico agredindo uma mulher em trabalho de parto. Segundo a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), as imagens foram gravadas em 2018, na Maternidade Balbina Mestrinho, em Manaus.

 

No vídeo, é possível ver o médico Armando Andrade Araújo, 70 anos, batendo na virilha da paciente, que está em trabalho de parto. Além disso, a paciente está completamente nua, não com o avental hospitalar específico para a situação.

 

Em nota, a pasta informou que, apesar de não haver qualquer registro na maternidade ou na Ouvidoria, "irá solicitar à direção do Instituto de Ginecologia e Obstetrícia do Amazonas (Igoam), empresa ao qual o profissional é cooperado, o seu afastamento". A Susam ainda acrescentou que "já tramita um processo administrativo para apurar outra denúncia contra o médico".

 

 

Armando já foi preso em 2015, na Operação Jaleco da Polícia Civil, por suspeita de participação em um esquema de cobrança ilegal de cirurgias em unidades públicas de saúde. Eles chegavam a cobrar entre R$ 1 mil e R$ 2,8 mil para procedimentos como partos e laqueaduras.

 

O Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam) afirmou, em nota, que será aberta uma "Sindicância ex officio". "Se houver alguma infração ao Código de Ética Médica, será aberto um Processo Ético Profissional", explicou.

Mais Médicos: Saúde antecipa início das atividades de formados no exterior
Foto: Agência RBS

O Ministério da Saúde alterou, mais uma vez, o cronograma do Programa Mais Médicos. De acordo com nota publicada pela pasta nesta quarta-feira (20), os brasileiros formados no exterior selecionados para as vagas remanescentes devem iniciar oficialmente as atividades nos municípios entre os dias 28 e 29 de março. A data anterior era de 16 a 18 de abril.

 

A pasta ressalta que a antecipação do cronograma tem o objetivo de agilizar a assistência à população.

 

A próxima etapa do programa, realização do módulo de acolhimento, acontecerá entre 12 e 26 de março. Neste módulo, são abordados assuntos como a legislação referente ao sistema de saúde brasileiro, o funcionamento e atribuições do SUS, Atenção Básica em saúde, protocolos clínicos de atendimento definidos pelo Ministério da Saúde, Língua Portuguesa e Código de Ética Médica serão tratados durante o treinamento destes profissionais.

 

A lista de profissionais com os respectivos municípios selecionados foi divulgada no site do programa Mais Médicos. Os 1.397 brasileiros formados no exterior selecionaram vagas remanescentes em 667 localidades.

Com apoio de artistas, campanha da Hemoba busca garantir estoques de sangue no Carnaval
Foto: Divulgação

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) inicia nesta terça-feira (19) a campanha para captação de doadores de sangue para o Carnaval 2019. Com o slogan “Essa letra não pode faltar no Carnaval – Doe Sangue”, a ação tem o apoio dos cantores Márcio Vitor, Léo Santana, Bell Marques e Ivete Sangalo.

 

A ideia da campanha é sensibilizar a população sobre a importância de manter o estoque seguro, fazendo uma associação das letras que identificam os tipos sanguíneos com as letras de músicas da festa.

 

 

“O carnaval sempre promove uma grande movimentação de pessoas nas ruas da cidade e nas estradas baianas. Em decorrência do alto fluxo de foliões e viajantes, é preciso chamar atenção para o risco iminente de acidentes, que geram a necessidade de ação imediata, além disto, ainda existe a demanda de sangue para pacientes que realizam tratamento hemoterápico, que precisa ser garantida”, explicou o diretor-geral da Hemoba, Fernando Araújo.

 

Os interessados em doar sangue devem ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal e pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso já tenham realizado alguma doação anteriormente. Além disso, é obrigatório estar em boas condições de saúde, bem alimentado, ter mais de 50 quilos e apresentar documento oficial com foto.

Quarta, 20 de Fevereiro de 2019 - 07:30

Após 4 dias em coma, jovem descobre que teve um bebê

Após 4 dias em coma, jovem descobre que teve um bebê
Foto: Arquivo pessoal

Uma jovem de 18 anos entrou em coma induzido, em 2 de dezembro de 2018, depois de sentir fortes dores de cabeça. Ao acordar, quatro dias depois, ela descobriu que tinha se tornado mãe. O caso aconteceu em Manchester, Inglaterra.

 

Ebony Stevenson é estudante de Fisioterapia Esportiva e, segundo reportagem do Daily Mirror, não fazia ideia de que estava grávida. Os médicos descobriram, durante o coma, que as dores de cabeça estavam relacionadas a um quadro de pré-eclâmpsia, grave complicação da gravidez.

 

Por conta do problema, os profissionais decidiram realizar o parto imediatamente, em 3 de dezembro. Ebony apenas descobriu que era mãe de uma menina no dia 6. Elodie nasceu saudável.

 

"Eu nem pensava que quisesse ser mãe, pelo menos por uns dez anos. Jamais imaginei que seria mãe jovem. Foi um grande milagre. Não trocaria Elodie por todo o mundo", comentou Ebony.

 

A avó da bebê, Sheree, também ficou muito surpresa. "Foi um momento estranho, pois não tinha me preparado para ele. Eu insistia que ela não poderia estar grávida, mas os médicos insistiam que estava. Eles disseram que Elodie foi um milagre", disse.

 

De acordo com os médicos, a barriga de Ebony não ficou aparente porque ela tem dois úteros, um deles voltado para as costas.

Encerramento do ParaPraia acontece na praia de Ondina no próximo fim de semana
Foto: Divulgação

O projeto ParaPraia promove, no próximo final de semana, banho de mar assistido na praia de Ondina. A iniciativa é voltada para deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida.

 

Essa é a última edição da sexta temporada do projeto, que levou a ação para as praias de Itapuã, Arembete e Boa Viagem. O encerramento será na pra de Ondina, em frente ao Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR), no próximo sábado (23) e domingo (24), das 8h às 12h.

 

Com o uso de cadeiras anfíbias, o banho é promovido com segurança, conforto e a assistência dos alunos e professores dos cursos de fisioterapia, enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Cientistas criam rins a partir de células-tronco de camundongos
Foto: Shutterstock

Cientistas japoneses conseguiram desenvolver rins a partir de células-tronco de camundongos. A mesma técnica já havia sido usada anteriormente para desenvolvimento de pâncreas.

 

Os pesquisadores afirmaram, segundo o jornal Extra, que o sucesso do experimento é o primeiro passo para que o método seja utilizado em humanos. No entanto, ressaltaram que existe "barreiras técnicas sérias e questões éticas complexas".

 

Para o estudo, foram coletados embriões de ratos geneticamente modificados para que os rins não fossem desenvolvidos por conta própria. Os embriões, então, receberam células-tronco pluripotentes e foram implantados em úteros de ratos.

 

"As células-tronco do camundongo se diferenciaram, de pronto, nos dois tipos principais de células necessárias para a formação dos rins", contou Masumi Hirabayashi, professor associado do Instituto Nacional de Ciências Fisiológicas do Japão, que supervisionou o estudo.

 

No entanto, apesar de desenvolverem rins aparentemente funcionais, os animais morreram logo após o nascimento.

Histórico de Conteúdo