Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Viver Bem: A importância de procurar ajuda psicológica durante a pandemia
Foto: Divulgação / Holgers Fotografie

O Setembro Amarelo é um mês dedicado à campanha de conscientização da sociedade contra o suicídio, um ato, normalmente, motivado pela depressão. Apesar de surgir cada vez mais casos de pessoas que cometeram o ato no mundo inteiro, ainda existe uma barreira para falar sobre o problema. Com a pandemia do coronavírus, o tema ficou mais recorrente, devido ao isolamento social.

 

De acordo com a especialista do Sistema Hapvida, Érica Ferreira, é importante que a sociedade entenda que a depressão e a ansiedade são fatores de risco para que a pessoa venha cometer o ato. Estas doenças podem ser tratadas no psiquiatra e no psicólogo. “O primeiro passo, para sair deste caminho, é um diagnóstico no psiquiatra que analisa em que nível de depressão a pessoa se encontra e qual o apoio que é mais indicado. Em seguida, o psicólogo entra com a terapia. Outro caminho muito eficiente é procurar o Centro de Valorização da Vida, no telefone 188, onde o atendimento é gratuito”, afirma.

 

A pandemia vem afetando a saúde mental, de crianças, jovens e adultos, principalmente devido à mudança de rotina e estilo de viver. Érica lembra ainda que "por não estarmos saindo de casa por causa do vírus, precisamos nos isolar e com isso vem a tristeza, a perda de parentes, os pensamentos negativos e a ansiedade, que tanto lutamos contra”.  


Origem da Campanha

Segundo a psicóloga, a campanha de prevenção de suicídio surgiu em 1994, nos Estados Unidos, quando um garoto de 17 anos, chamado Mike Emme, foi encontrado morto dentro do seu carro, um Mustang amarelo. A família e amigos do rapaz não perceberam seus problemas psicológicos e não conseguiram salvá-lo. No funeral, os familiares montaram uma cesta de cartões e fitas amarelas com a mensagem: “Se precisar, peça ajuda”. A ação ganhou grandes proporções e se expandiu pelo mundo.  

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu em 2003, o dia 10 de setembro para ser o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. O amarelo do Mustang de Mike é a cor escolhida para representar a campanha. 

Histórico de Conteúdo