Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 08 de Setembro de 2021 - 16:10

Não preciso de psicoterapia e nem do uso constante do fio dental

por Daiana Ferreira

Não preciso de psicoterapia e nem do uso constante do fio dental
Foto: Arquivo Pessoal

A recomendação dos maiores especialistas em odontologia é que devemos usar o fio dental pelo menos uma vez por dia, e constantemente, pois mesmo escovando os dentes com creme dental há resíduos deixados pelos alimentos que somente o uso do fio alcançará e fará a devida limpeza, evitando assim cáries e a proliferação de bactérias, bem como inflamação gengival e mau hálito.


Acredito que todos nós, por alguns motivos, já ficamos um dia ou mais apenas escovando os dentes e usando enxaguante bucal menta fresh (rs) sem usar o fio dental; e quando voltamos a usar passamos pela experiência de identificar uma significativa quantidade de sujeira/resíduos de alimentos entre os dentes e com um odor extremamente desagradável. É inacreditável como fica escondido a olho nu. Impressionante! Mas, a sensação que temos quando estamos apenas escovando os dentes e usamos o enxaguante bucal é de boca limpa e saudável. Só que Não.
Da mesma forma, conhecemos muitas pessoas com uma vida aparentemente saudável, sorridentes, cheias de amigos, festas, porém quando se veem diante de um problema ou passam por alguma decepção amorosa, pandemia, perdas, etc., percebemos que havia muita coisa guardada ali entre os meandros mentais que a olho nu ninguém percebia, ou somente os amigos mais próximos e a família.


Há quem repita com veemência que a psicoterapia é o dinheiro, as festas, cervejinha final de semana, sexo, roda de amigos, família, e/ ou o trabalho. Sim, estas coisas ajudam, e muito... assim como o creme dental, na saúde bucal, porém não é o suficiente. Muitas destas coisas, e para muitos, apenas mascara a realidade.


Um outro ponto, não menos importante nesta conexão, é que a falta do uso constante do fio dental causa mal hálito, como dito acima, e a maioria das pessoas que têm mal hálito não percebe que tem. Somente quem está fora consegue perceber. Conseguiu fazer a ponte com a saúde emocional? Muitas vezes, nosso comportamento já têm atingido os que estão ao redor, mas não percebemos porque nossas emoções já estão doente/com cárie/corroída/ ao ponto de feder, mas de vez em quando você vai na fazenda, visita a família, ou faz um bom sexo, toma um uísque, e acredita que era isso que faltava para aliviar as tensões. Sabe aquela máxima: “quem está de fora, enxerga melhor?” Muitas vezes, é verdade!


Cuidado para não ter se tornado um peso ou alguém que todos percebem que precisa de ajuda, e pela simples e orgulhosa resistência em achar que não tem mau hálito ou que psicoterapia é coisa de maluco e fraco vai deixando acumular mais e mais os resíduos entre os dentes e entre as relações interpessoais. Para muitas coisas na vida não existe implante!

 

*Daiana Ferreira é empresária, administradora, assessora de investimentos da Ancord e graduanda em Direito

 

*Os artigos reproduzidos neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo