Anvisa proíbe lote de peito de frango devido a bactéria que pode causar meningite

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização de um lote de peito de frango congelado da marca D+ Alimentos, devido à presença de bactérias. De acordo com o órgão, foi detectada a presença da bactéria Listeria monocytogenes, que pode causar doenças como a meningite, no lote 0320 do produto. A Anvisa informou que o comunicado de recolhimento do produto foi emitido pela própria empresa. Todo o estoque existente deve ser recolhido do mercado.

Leia mais

Consumo de macarrão é aliado na perda de peso, aponta pesquisa

Ao contrário do que sempre se acreditou, o macarrão pode ser considerado um aliado na perda de peso. Pesquisadores do Hospital St. Michael, em Toronto, Canadá, monitoraram o peso corporal, massa muscular, gordura corporal e circunferência abdominal de um grupo de pessoas durante 12 semanas. Eles consumiam, em média, três porções (meia xícara) de massa por semana, ao invés de outros carboidratos. Foi observado que não houve aumento de peso. Pelo contrário, cada participante perdeu uma média de meio quilo. O estudo concluiu, segundo o Huff Post Brasil, que o macarrão tem baixo índice glicêmico, então pode ser considerado um carboidrato "bom". Isso significa que ele induz menos picos de açúcares do que outros carboidratos. "O macarrão, no contexto de padrões dietéticos com baixo índice glicêmico, não afeta negativamente a gordura corporal e até reduz o peso corporal e o IMC (Índice de Massa Corpórea) em comparação com padrões alimentares de alto índice glicêmico", explicam os pesquisadores.

Leia mais

Consumo de bebidas açucaradas aumenta risco de morte por doenças cardíacas

O consumo de bebidas açucaradas está ligado ao risco de morte prematura por doenças do coração. No entanto, alimentos açucarados não têm o mesmo efeito. Pesquisadores da Emory University, nos EUA, monitoraram um grupo de adultos com mais de 45 anos de idade durante seis anos. O risco de morrer de doenças cardíacas foi maior entre aqueles que bebiam cerca 709 mililitros de bebida açucarada, em relação aos que consumiam menos de 29 mililitros. Os cientistas acrescentaram, segundo o jornal O Globo, que foi estabelecida apenas uma associação, não uma relação de causa e efeito. "Pretendíamos descobrir se os açúcares adicionados aumentam o risco de morte por doença cardíaca ou outras causas e, em caso afirmativo, se existe uma diferença de risco entre bebidas açucaradas e alimentos açucarados", disse a pesquisadora-chefe do estudo, Jean Welsh. "Acreditamos que este estudo acrescenta dados sólidos ao que já existe, destacando a importância de minimizar as bebidas açucaradas em nossa dieta". Foram analisados dados de quase 18 mil participantes do estudo Razões para Diferenças Geográficas e Raciais no Acidente Vascular Cerebral. Bebidas açucaradas incluíam refrigerantes e sucos de frutas, enquanto alimentos açucarados seriam sobremesas e cereais matinais. Welsh explicou que o consumo das bebidas faz com que o corpo seja atingido por uma "inundação de açúcar", mas sem fornecer nutrientes. Já os alimentos açucarados contêm nutrientes que retardam o metabolismo, como gorduras ou proteínas. 

Leia mais

Dieta rica em gordura durante amamentação aumenta risco de obesidade para bebê

Fundamental para a saúde do bebê, a amamentação é fonte de anticorpos e nutrientes. No entanto, algumas situações específicas podem contribuir para problemas saúde. Um estudo coordenado por Mengjie Wang, pesquisadora na Universidade de Toledo, em Ohio (EUA), mostrou que mães adeptas de uma dieta rica em gordura podem contribuir para que os bebês desenvolvam obesidade na fase adulta. Segundo o G1, os estudos foram feitos com o uso de camundongos. Outra informação é uma tendência maior à puberdade precoce nesses casos. "Nossos resultados reforçam os resultados de estudos anteriores de que a obesidade infantil causa puberdade avançada e distúrbios metabólicos na idade adulta", afirmou Wang em nota. 

Leia mais

No Salvador Shopping, workshop gratuito ensina receitas saudáveis aos participantes

Com o objetivo de estimular o compartilhamento de pratos saudáveis, acontece neste sábado (17) a 9ª edição do Workshop Chef Orgânico. O evento será realizado, às 10h, na Camicado do Salvador Shopping, sob comando da jornalista Olga Goulart e da chef Luísa Leite, que dividirão a bancada para fazer duas receitas com os participantes. O cardápio será formando por bolo de cenoura com chocolate e calda de chocolate crua. Entre os ingredientes estão cacau em pó orgânico, farinha de amêndoas, arroz integral, fécula de batata, castanha de caju e açúcar de coco. Além de aprender o passo-a-passo das receitas, os participantes poderão fazer degustação no final. O acesso ao evento é gratuito, com limite de vagas.

Leia mais

Consumo de alimentos ultraprocessados, como nuggets, aumenta risco de desenvolver câncer

O consumo de alimento ultraprocessados pode estar relacionado ao desenvolvimento de cânceres. A relação foi sugerida por pesquisadores franceses da Universidade de Sorbonne, que classificaram como ultraprocessadas comidas como bolos, frango empanado (nuggets) e pães produzidos industrialmente. Foram acompanhados 105 mil participantes, que preencheram questionários acerca da alimentação diária e foram acompanhados durante cinco anos. Segundo o jornal O Globo, os pesquisadores descobriram que, quanto mais alimentos ultraprocessados se come, maiores são os riscos de câncer. Os resultados apontaram que, se a proporção ingerida desses alimentos aumentasse 10%, o número de casos de câncer subia 12%. "Esses resultados sugerem que o rápido aumento no consumo desses alimentos pode levar a uma sobrecarga nos casos de câncer nas próximas décadas", afirmaram os pesquisadores. Eles acrescentaram que as descobertas da pesquisa devem ser "confirmadas por outros estudos de larga escala", para estabelecer o motivo da relação entre alimentação e a doença.

Leia mais

Batatas fritas do McDonald's contêm produto que pode curar calvície

O menu do McDonald's conta com um item que pode representar a cura da calvície. De acordo com resultados de um estudo da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, um produto químico utilizado nas batatas fritas pode levar ao surgimento de novos folículos capilares. Testes com o dimetilpolissiloxano fez com que ratos criassem novos folículos capilares que produziram cabelo em poucos dias, segundo informações do Daily Mail. A substância é utilizada no McDonald's para que as batatas não façam espuma em contato com o óleo. "É muito permeável ao oxigênio e, por isso, o resultado foi muito bom, permitindo a criação de 5 mil folículos de cabelo simultaneamente", afirmou o professor Junji Fukuda, um dos autores do estudo.

Leia mais

Estudo aponta que comer tomate ou maçã retarda envelhecimento dos pulmões

O consumo diário de três maçãs ou dois tomates frescos retarda o envelhecimento natural dos pulmões e repara danos causados pelo tabagismo em ex-fumantes. A afirmação é de pesquisadores da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, nos Estados Unidos. De acordo com o estudo, uma dieta com muitas frutas e vegetais frescos reduz o declínio da função pulmonar. Segundo o jornal O Globo, os cientistas analisaram a dieta e a função pulmonar de mais de 650 adultos em 2002 e, novamente, dez anos depois. O declínio pulmonar foi menor entre os participantes que comiam dois tomates ou três maçãs por dia. "Este estudo mostra que a dieta pode ajudar a reparar o dano pulmonar em pessoas que pararam de fumar", afirmou a principal autora da pesquisa, Vanessa Garcia-Larsen. A pesquisadora ressaltou que as descobertas reforçam a importância de dietas recomendadas, especialmente para pessoas com risco de doença pulmonar.

Leia mais

Anvisa proíbe lote de leite condensado por bactéria que provoca vômito e dor de barriga

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de um lote do leite condensado da marca Fazendeira. Após interdição preventiva de 90 dias, o lote 0681M1 foi definitivamente proibido por não apresentar contraprova à interdição inicial. Laudo de análise emitido pelo Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, constatou presença, em excesso de Estafilococos Coagulase Positiva. Essa bactéria pode provocar vômitos, dor de barriga e mal-estar. Segundo o jornal Extra, na época da interdição preventiva, a fabricante do produto, Baduy e Cia Ltda, de Ituiutaba (MG), divulgou nota pública na qual esclarecia que, preocupados com a qualidade e a segurança dos produtos que oferecem, exercem um severo controle em todas as etapas do processo de fabricação dos produtos, desde a seleção dos ingredientes até a fase final de embalagem e distribuição. "A qualidade e a uniformidade dos nossos produtos seguem rigorosamente os requisitos regulamentares pelo MAPA/DIPOA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento /Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal)", disse a empresa. A Anvisa determinou que a Baduy e Cia Ltda. promova o recolhimento de todo o estoque existente no mercado.

Leia mais

Dieta mediterrânea tem resultados expressivos em tratamento contra depressão

Um estudo desenvolvido na Universidade da Austrália do Sul apontou que a melhoria dos hábitos alimentares pode ter efeito sobre a saúde mental. Os pesquisadores apontam que a adoção de uma dieta mediterrânea, rica em peixes, vegetais, legumes, frutas, nozes e azeite, pode ajudar no tratamento de pacientes com depressão. "Isso faz sentido porque nossos cérebros precisam de nutrientes e outros fatores ligados à dieta para funcionar bem. Talvez mais que qualquer outro órgão do corpo", afirmou a pesquisadora Natalie Parletta. Participaram do estudo, segundo o jornal O Globo, voluntários com idade entre 18 e 65 anos, com depressão, que foram divididos em dois grupos: enquanto um deles seguia a dieta mediterrânea, o outro realizava reuniões quinzenais para tratamento da doença. Todos os voluntários apresentaram melhorias, mas os resultados foram significativamente melhores entre os voluntários que mudaram seus hábitos alimentares. "Nós mostramos que com conselhos de especialista em nutrição e oficinas ensinando como preparar refeições simples, deliciosas e baratas, é possível alcançar dietas saudáveis", celebrou Natalie.

Leia mais

Histórico de Conteúdo