Quarta, 19 de Dezembro de 2018 - 00:00

Municípios do interior terão atendimento remoto para casos de AVC e infarto

por João Brandão / Renata Farias

Municípios do interior terão atendimento remoto para casos de AVC e infarto
Solar Boa Vista abrigará Central Telemedicina | Foto: Reprodução / Rede Bahia

Um novo projeto do governo do Estado para a saúde pretende levar o atendimento de especialistas para municípios do interior com uso da internet. Serão implantadas dezenas de salas de estabilização para pacientes com AVC e infarto, nas quais será possível realizar atendimento remoto com neurologistas e cardiologistas da capital.

 

A informação foi divulgada nesta terça-feira (18) pelo governador Rui Costa durante o lançamento do projeto Vídeo Policiamento (veja aqui). “Na maioria das regiões do estado, não temos médicos especialistas de plantão. Nós estamos montando as salas de estabilização, interligadas com Salvador, onde teremos neurologistas e cardiologistas de plantão. Com isso, um médico que não é especialista fará o atendimento orientado”, afirmou.

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, explicou que será construída em Salvador a Central Estadual de Telemedicina, com assinatura da ordem de serviço prevista para 2019. A unidade deve ocupar o Solar Boa Vista, em Brotas, casarão que abrigava a Secretaria Municipal de Educação até que um incêndio praticamente destruiu a estrutura, em 2013. “As negociações para aprovação do projeto estão avançadas com o Iphan [Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]”, comemorou.

 

Como parte da rede de atendimento, serão criadas 52 salas de estabilização para AVC e infarto agudo do miocárdio em hospitais estaduais e municipais. Os médicos generalistas de plantão serão orientados remotamente, a partir da Central. “Ele vai ser atendido remotamente, online, através de uma vídeo wall instalada na central aqui em Salvador. Lá serão três câmeras, uma para o paciente, uma móvel HD para examinar e uma terceira para o médico, além de monitores para todos os equipamentos”, detalhou Vilas-Boas. De acordo com o secretário, a Bahia será o primeiro estado a implantar esse tipo de atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS).

Hemoba realiza coleta externa em Salvador e Feira de Santana durante a semana
Foto: GOVBA

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) promove coleta externa durante esta semana em Salvador e Feira de Santana. Os voluntários poderão realizar doação de sangue e cadastro de medula óssea.

 

Na capital baiana, as unidades móveis estarão na entrada principal do Salvador Shoppig e no supermercado GBarbosa da Av. San Martin até sexta-feira (21). Já em Feira de Santana, o Hemóvel estaciona no Núcleo Regional de Saúde também até sexta. Os atendimentos acontecem das 8h às 17h.

 

Para doar sangue, os candidatos devem ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal e as pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso já tenham realizado uma doação anteriormente. Além disso, o voluntário deve portar documento oficial com foto, estar em boas condições de saúde e pesar acima de 50 quilos, sendo necessário estar bem alimentado.

Ministério da Saúde e CNJ firmam parceria para consultoria em decisões judiciais urgentes
Hospital Albert Einstein será parceiro | Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Justiça assinaram nesta terça-feira (18) um termo de cooperação para aprimorar as decisões judiciais relacionadas à assistência à saúde. Por meio de consultoria à distância, os magistrados poderão recorrer aos profissionais do Hospital Albert Einstein, de São Paulo, quando houver casos com alegação de urgência com risco iminente de morte do paciente.

 

“Agradecemos o empenho do Poder Judiciário, no momento que assinamos esse termo que traz um diferencial, um passo gigantesco para que hajam, cada vez mais, decisões justas e acertadas para as pessoas que demandam o Judiciário”, afirmou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. Ele ressaltou que o modelo pode ser seguido por estados e municípios para o poder judiciário local.

 

A partir do contato de juízes e desembargadores, por telefone e outros meios de comunicação imediato, especialistas em diferentes áreas clínicas e cirúrgicas do Hospital Albert Einstein darão suporte técnico sob o ponto de vista médico e com base em revisão científica para as demandas judiciais que tiverem pedido de tutela antecipada sob a alegação de urgência.

 

"Hoje, são mais de 15 mil demandas judiciais envolvendo a saúde. Então, para o juiz, ter a disposição esse apoio técnico, embasado em um laudo, perícia ou estudo, apontando se há ou não a possibilidade de cumprimento ou se há outras alternativas; é valioso na tomada de decisão. A conquista é a união das três esferas: uma unidade hospitalar de excelência; o Ministério da Saúde, que tem a capacidade de dar respostas e o Judiciário, que terá ferramentas para ajudar na decisão mais correta, viável, adequada e justa para a nossa sociedade", enfatizou o ministro.

 

O projeto terá validade de 24 meses, podendo ser prorrogado por períodos sucessivos de até três anos e foi viabilizada pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento institucional do SUS (Proadi-SUS). O Ministério da Saúde terá a função de avaliar, aprovar e monitorar o projeto apresentado pela unidade hospitalar parceira, além de apoiá-lo no desenvolvimento técnico e operacional. Caberá ao CNJ a responsabilidade de organizar e articular os meios e fluxos de interlocução entre os Tribunais de Justiça (TJ) e os Tribunais Regionais Federais (TRF) com a instituição parceira, além de avaliar e propor melhorias para o bom desempenho da iniciativa.

Cinemas de Salvador serão obrigados a reservar sessão especial para crianças com autismo
Foto: Roberto Abreu / Divulgação

Os cinemas de Salvador serão obrigados a reservar, pelo menos, uma sessão especial por mês para crianças com transtorno do espectro autista e suas famílias. A lei nº 9.416/2018 foi sancionada pelo prefeito da capital, ACM Neto, e publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (18).

 

Com a denominação "Sessão Azul", as sessões especiais deverão ser adaptadas com iluminação reduzida, som mais baixo que o volume regular, além da ausência de trailer. O texto define ainda que as crianças com transtorno do espectro autista e seus familiares devem ter acesso irrestrito às salas de cinema, com a possibilidade de entrar e sair ao longo da exibição.

 

O projeto aprovado pela Câmara dos Vereadores de Salvador determinava também que as crianças com o transtorno fossem isentas do pagamento de entrada, enquanto seus familiares teriam direito ao benefício de meia-entrada. No entanto, o artigo foi vetado por ACM Neto.

 

Autor da proposta, o vereador Cezar Leite (PSDB) afirma, em sua justificativa, que "o acesso de crianças com transtorno do espectro autista ao cinema não é uma tarefa fácil", devido às características da condição.

 

"A hiperatividade, a sensibilidade auditiva e visual, torna uma sessão convencional de cinema em algo bastante complicado. A escuridão, o som alto e a necessidade de permanecer sentado e em silêncio durante o filme faz com que muitas famílias se privem e não levem os filhos, irmão e amigos ao cinema", pontua o texto.

 

As salas de exibição de cinema terão prazo de 90 dias para se adequarem à lei.

Centro de Controle de Zoonoses inspeciona bairros para combate ao Aedes aegypti
Foto: Alexandre Carvalho

A Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realiza, até a próxima sexta-feira (21), inspeção em imóveis e bocas de lobo para combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação acontecerá em localidades com o índice de infestação de risco de acordo com o último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) divulgado em outubro.

 

"Esse é o momento do ano em que é mais propício tanto para o desenvolvimento mais rápido do mosquito quanto para a transmissão mais rápida da doença, que é o favorecimento desse clima de sol com chuvas espaçadas. O objetivo é deixar o ambiente na melhor condição possível para erradicar os focos de Aedes", explicou a subgerente das Arboviroses do CCZ, Isolina Miguez.

 

Até esta quarta, as visitas acontecem em imóveis dos bairros de Guarani, Engomadeira, Tancredo Neves, Vale dos Lagos, Lobato, São João do Cabrito, Fazenda Coutos, Coutos e Vista Alegre. Já na quinta e sexta-feira, será realizada inspeção e borrifação em bocas de lobo nos bairros de Caminho das Árvores, Itaigara, Pituba e Rio Vermelho.

 

Apesar da redução do LIRAa, Salvador permanece em estado de alerta para ocorrência de uma epidemia de dengue, zika vírus e chikungunya. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), de janeiro a outubro, a capital baiana registrou 1.310 casos prováveis de dengue, sendo 41 confirmados. Foram notificados ainda, 82 casos de Chikungunya e 75 de Zika, com confirmação de 11 e 18 casos, respectivamente.

Surtos e baixa vacinação: Brasil pode perder certificado de erradicação do sarampo em 2019
Foto: André Borges / Agência Brasil

O Brasil pode perder o certificado de erradicação do sarampo caso novos casos sejam registrados até fevereiro de 2019. A doença estava erradicada no país desde 2016, quando o certificado foi concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

 

Até o último dia 10, foram confirmados mais de 10 mil casos de sarampo (veja aqui). Somado a isso, o país tem registrado queda na cobertura vacinal da população. Em 2017, o Ministério da Saúde registrou o menor índice de vacinação em crianças menores de um ano dos últimos 16 anos. Todas as vacinas recomendadas para adultos também estão abaixo da meta de cobertura ideal.

 

Em 2018, a campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite para crianças de um a cinco anos atingiu a meta de 95%. No entanto, a cobertura em adultos permanece baixa, assim como o acumulado para outras vacinas. Segundo o G1, a taxa de cobertura da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) é de apenas 4,7% no acumulado entre 1994 e 2018. A meta é 95%.

 

Para Renato Kfouri, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunização, o surto de sarampo está diretamente associado à queda na cobertura vacinal. "A nossa última epidemia foi no Ceará em 2016. Foi no encerramento dessa epidemia que recebemos a certificação da eliminação do vírus. Essa era a nossa situação até o surto na Venezuela e a migração na nossa fronteira em Roraima primeiro e depois no Amazonas", afirmou.

 

"A cobertura vacinal não estava adequada, indivíduos da Venezuela com sarampo, encontraram vários suscetíveis. Isso reflete a nossa baixa cobertura e não é culpa dos venezuelanos, se fosse um italiano, um russo ou americano... a responsabilidade é nossa que não estávamos devidamente vacinados", avaliou Kfouri.

Feira: Operação do MP desarticula grupo que pode ter desviado até R$ 100 milhões da Saúde
Foto: MP-BA

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) realiza uma operação na manhã desta terça-feira (18), em Feira de Santana, para desarticular uma organização criminosa responsável por desviar milhões de reais da saúde pública na cidade. A operação, denominada “Pityocampa", é resultado de uma investigação iniciada em 2016 pela Promotoria de Justiça do município, com o apoio do Gaeco.

 

De acordo com os promotores de Justiça responsáveis pela investigação, que também contou com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) e do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção à Moralidade Administrativa (Caopam), foi constatado que a Coofsaúde, cooperativa que fornecia mão de obra na área da saúde, recebeu, entre 2007 e 2018, quase um R$ 1 bilhão proveniente de contratos celebrados com diversos municípios baianos e com o Governo do Estado.

 

Durante a fiscalização realizada pela Controladoria Geral da União (CGU) no município de Feira de Santana foram identificadas diversas irregularidades nos processos de contratação da Coofsaúde, como a ausência de projeto básico ou termo de referência, vícios nas cotações de preços para definição do orçamento de referência, cláusulas restritivas no edital e irregularidades na própria condução dos certames, com favorecimento para a Cooperativa investigada. Além disso, foi constatada a falta de controle sobre os pagamentos realizados, o que permitiu a ocorrência de superfaturamento.

 

Nas investigações do MP, verificou-se também fraude nas escalas de plantão de profissionais como médicos, odontólogos e enfermeiros, gerando excedentes financeiros que eram repassados aos integrantes da organização criminosa depois de passar por mecanismo de lavagem de dinheiro, envolvendo transações para “laranjas” e empresas de fechada. As práticas geraram um prejuízo de quase R$ 24 milhões e pode superar o valor de R$ 100 milhões, nos últimos três anos.

 

Os 23 mandados de busca e apreensão e 10 de prisão temporária foram expedidos pela Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro de Salvador contra os profissionais de saúde, empresários e agentes públicos envolvidos no esquema. Também foram cumpridos mandados em Aracaju, São Paulo e Fortaleza, estes com apoio dos Gaecos de Sergipe, São Paulo e Ceará. O nome da operação é referente a lagarta Thaumetopoea Pityocampa, também conhecida como lagarta do pinheiro, que corrompe os pinhais, plantação que simboliza o cooperativismo.

Campanha Dezembro Laranja chama atenção para a prevenção e o diagnóstico do câncer de pele
Foto: Divulgação

Um sinal vermelho pequeno nas costas serviu de alerta para a administradora Iara Barreto, 28, procurar um dermatologista. Após biopsia, veio o resultado: melanoma maligno de pele, o tipo mais raro e grave do câncer de pele. O diagnóstico assustou, mas o tratamento foi muito mais simples e tranquilo do que ela imaginava.

 

“Como estava muito recente, tinha aproximadamente três meses, não precisei fazer tratamento com imunoterapia, nem com radioterapia ou quimioterapia. As margens do sinal vermelho estavam livres, sinal de que o câncer não tinha se espalhado para outras partes do corpo. Então, a cirurgia foi mais para garantir que nada tivesse se espalhado”, conta a jovem.

 

O procedimento foi realizado, há pouco mais de um ano, e a cura veio justamente por causa do diagnóstico precoce. Segundo o dermatologista Ricardo Libório, professor do curso de Medicina da FTC, ao perceber sinais diferentes dos demais no corpo a pessoa deve procurar um dermatologista, como fez Iara. “Tumores pequenos, de um centímetro no máximo, têm grande chance de cura com uma pequena cirurgia. Se o diagnóstico de melanoma for tardio, pode ser fatal”, alerta. Ainda de acordo com o médico, o mais comum é o tumor não provocar dor, mas, em alguns casos, pode apresentar sangramento e a atenção do paciente tem que ser ainda maior.

 

Para estimular a população para a prevenção e o diagnóstico do câncer de pele, a Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza a campanha “Dezembro Laranja”, que terá ações de conscientização até março de 2019, ou seja, ao longo de todo o verão. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA), é de que 6.260 novos casos de melanoma cutâneo, que é o tipo de câncer de pele originado nos melanócitos (células produtoras de melanina, substância que dá cor à pele), sejam detectados no país em 2018. Já os carcinomas basocelular e espinocelular, que são os dois tipos menos graves e que correspondem a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil, devem somar 165.580 casos este ano.

 

De acordo com Dr. Libório, o fator genético é importante, mas a exposição aos raios ultravioleta é o principal fator de risco para desenvolvimento do câncer de pele. Para o especialista, o movimento Dezembro Laranja é super importante e traz uma mensagem orientadora. “Não é para você deixar de tomar sol agora no verão, mas tem como se prevenir da exposição excessiva. A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda se expor ao sol até 10h ou após as 16h. É preciso evitar os momentos de maior incidência. Além disso, usar protetor solar, no mínimo, fator 30 e repor de três em três horas”, orienta Libório.

Estudo indica resultados positivos de vacina contra HIV após testes em macacos
Foto: Creative Commons

Uma vacina contra HIV apresentou resultados positivos em testes realizados por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, em primatas não-humanos. Embora ainda distante de testes clínicos em humanos, o estudo prova que a estratégia, desenvolvida desde a década de 1990, está no caminho certo.

 

"Descobrimos que anticorpos neutralizantes que foram induzidos pela vacinação podem proteger os animais contra vírus que se parecem muito com o HIV no mundo real", diz Dennis Burton, presidente do Departamento de Imunologia e Microbiologia da Scripps Research e diretor científico da Iniciativa International de Vacina contra a Aids (IAVI).

 

Segundo o G1, o estudo mostra que os macacos rhesus podem ser estimulados a produzir anticorpos neutralizantes contra uma cepa do HIV similar à forma que comumente infecta pessoas. A pesquisa também fornece a primeira estimativa de níveis de anticorpos neutralizantes induzidos pela vacina necessários para proteger contra o HIV.

 

A vacina foi testada em dois grupos de macacos rhesus. A mesma substância já havia sido usada anteriormente em macacos que desenvolveram naturalmente baixos níveis de anticorpos.

 

"Desde que o HIV surgiu, esta é a primeira evidência que temos de proteção baseada em anticorpos contra um vírus Tier 2 após a vacinação. Uma questão agora é como podemos obter esses altos níveis em todos os animais?"- Matthias Pauthner, pesquisador associado da Scripps Research e co-autor do estudo.

Empresária cria cerveja que ajuda no combate a efeitos colaterais do tratamento
Foto: Divulgação

Usada no tratamento de câncer, a quimioterapia pode causar muitos efeitos colaterais, a exemplo da disgeusia, que reduz o paladar do paciente. Dessa forma, todos os alimentos acabam com sabor amargo.

 

Na tentativa de melhorar a qualidade de vida dos pacientes nesse sentido, uma empresa da República Tcheca chamada Mamma Beer decidiu lançar uma cerveja especial para esse público.

 

Segundo o site Hypeness, o produto foi criado pela CEO da Mamma Beer, Jana Drexlerova. Ela é uma sobrevivente do câncer e, durante a luta contra a doença, teve muita dificuldade para se alimentar.

 

"Quando finalmente recuperei o apetite, tudo o que eu podia comer era uma sopa fria de tomate, e mesmo isso não tinha sabor", afirmou em entrevista ao site Oddity Central.

 

Além de ajudar a superar a disgeusia, a cerveja possui várias vitaminas e sais minerais fundamentais para recuperação da imunidade dos pacientes. Em parceria com uma cervejaria local, a Zatec, Jana lançará uma versão limitada da cerveja, que será distribuída exclusivamente em farmácias e hospitais do país.

Anvisa identifica e proíbe quatro novas drogas sintéticas com efeitos alucinógenos
Foto: Shutterstock

Quatro novas substâncias ilícitas foram proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com nota do órgão, as drogas sintéticas identificadas causam efeitos alucinógenos e já foram apreendidas pela Polícia Federal e por algumas Polícias Civis, sob a forma de selos, pó ou comprimidos.

 

"Essas drogas apresentam estrutura molecular e efeitos similares aos de outras já conhecidas e proibidas, como os alucinógenos LSD e NBOMe (também conhecido como N-bomb ou Smiles), que apresentam alto potencial para uso abusivo, representando risco à saúde dos usuários", diz a nota.

 

As substâncias foram identificadas como 25B-NBOH, 25C-NBOH, 25E-NBOH e 25H-NBOH.

 

As drogas proibidas pela Anvisa são identificadas como novas substâncias psicoativas (NSPs), da classe das feniletilaminas, e não apresentam nenhum uso medicinal reconhecido. Conforme definição adotada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), as NSP são substâncias de abuso não controladas internacionalmente, mas que podem causar riscos à saúde pública.

 

A Anvisa ressaltou que os usuários desses produtos ficam expostos a altos riscos e a efeitos imprevisíveis, como convulsões, psicose aguda, dependência e morte. "Ainda há pouca informação científica disponível sobre as NSPs. Isto porque, geralmente, a real composição do produto consumido é mascarada ou desconhecida, pois pode ser vendido com o mesmo nome da droga cujo efeito busca imitar", explicou a agência.

Ministério da Saúde faz alerta sobre importância da vacinação antes de viagens
Foto: Diogo Moreira / A2img

Com a proximidade das festas de final de ano, o Ministério da Saúde emitiu um alerta para as pessoas que pretendem viajar sobre a importância de manter a caderneta de vacinação atualizada. A pasta ressaltou que, pelo menos 10 dias antes da viagem, o turista deve atualizar a vacinação de acordo com as orientações do Calendário Nacional de Vacinação.

 

De acordo com o comunicado, os viajantes devem dar atenção especial ao sarampo, hepatites A e B, e a febre amarela. Orientações sobre a preparação, durante e pós-viagem, estão disponíveis no Portal do Viajante (clique aqui), que traz informações valiosas para quem pretende passar um tempo fora de casa e até do país.

 

A pasta lembrou ainda que uma das doenças de maior risco de transmissão no verão, e que é totalmente prevenível com a vacina, é a febre amarela. Desde 2017, com o registro da doença em áreas com grande contingente populacional, a vacina é recomendada não só para quem vai a áreas consideradas endêmicas, como a região amazônica. Hoje mais de 4 mil municípios são considerados áreas com recomendação de vacinação.

 

“Apesar de alerta permanente, ainda existem locais com grande quantidade de pessoas não vacinadas, ou seja, que estão sob risco de infecção”, reforçou Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Mais Médicos: 30% dos selecionados ainda não se apresentaram nos municípios
Foto: Divulgação / Portal Brasil

O Ministério da Saúde informou que, até as 10h desta segunda-feira (17), cerca de 30% (2.476) dos profissionais selecionados para o Programa Mais Médicos ainda não se apresentaram nos municípios onde foram alocados. O prazo se encerra nesta terça, após prorrogação definida pela pasta.

 

De acordo com o balanço, 5.935 profissionais já compareceram aos municípios. No total, 8.411 médicos se inscreveram na primeira fase de seleção do programa.

 

Após o fim da primeira etapa de seleção, 106 vagas não foram preenchidas, a maioria em distritos indígenas. Para ocupar essas vagas, o Ministério da Saúde lançou a segunda etapa do edital, para brasileiros e estrangeiros formados no exterior sem revalidação do diploma (veja aqui).

Pesquisadores identificam importante fator genético para desenvolvimento de acne
Foto: iStock

O uso de cosméticos é comum entre pessoas que sofrem com acne. No entanto, para muitos, o problema é apenas amenizado, já que as espinhas podem estar relacionadas a fatores genéticos. Cientistas europeus do Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde (NIHR) descobriram que a acne está relacionada às características dos folículos pilosos, de onde nascem os pelos.

 

O estudo analisou 26.722 indivíduos, dos quais 5.602 tinham acne grave. Foram identificadas, segundo a revista Super Interessante, 15 regiões do genoma humano ligadas a esse problema, sendo que 12 nunca haviam sido relacionadas a essa condição. Nessas áreas, foram identificadas variantes que alteram a formação dos pelos.

 

“Essas variantes podem indicar caminhos para a criação de novos medicamentos ou tratamentos que realmente ajudariam os pacientes”, disse Michael Simpson, que participou da pesquisa. Os cientistas esperam que a nova descoberta ajude no desenvolvimento de terapias para o problema.

Spray com compostos de maconha alivia sintomas de doenças neuromotoras
Foto: Divulgação

Estudo desenvolvido por pesquisadores italianos concluiu que um spray com dois compostos derivados da maconha – combinado com drogas antiespasmódicas – é capaz de aliviar sintomas de pacientes com doenças neuromotoras. Maior causa de incapacitação entre esses pacientes, a chamada espasticidade causa rigidez muscular e fortes contrações involuntárias (espasmos).

 

Liderada por Nilo Riva, do Instituto Científica San Raffaele, a equipe realizou um ensaio clínico com 60 adultos voluntários para investigar se o spray nabiximols poderia ajudar pessoas com esclerose lateral amiotrófica (ELA). O produto é comercializado no Reino Unido com o nome Sativex e contém partes iguais de delta-9-tetrahidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD). Ele é indicado para aliviar sintomas de esclerose múltipla.

 

"Nosso ensaio de prova de conceito mostrou um efeito benéfico do THC-CBD em pessoas resistentes aos tratamentos para a espasticidade e com dor. Mas apesar dos resultados encorajadores, ainda precisamos confirmar que o spray de THC-CBD é eficaz e seguro em um ensaio maior e de mais longo prazo de fase 3", afirmou Riva, segundo o jornal O Globo.

 

Os voluntários do estudo tinham idade entre 18 e 80 anos, com diagnóstico de ELA ou esclerose lateral primária e sintomas de espasticidade há pelo menos três meses. Eles foram divididos em dois grupos: um foi tratado com o spray, enquanto o outro recebeu um placebo.

 

Ao final de seis semanas, os cientistas concluíram que a espasticidade foi significativamente aliviada no grupo que usou o spray. Para análise, foi usada uma escala padronizada conhecida como Escala Modificada Ashworth e diários dos pacientes sobre os sintomas. Os níveis relatados de dor também foram menores entre os pacientes que utilizaram o spray.

Região com 17 mil indígenas no Amazonas tem apenas um médico; entenda
Foto: Reprodução / G1

O Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) de Parintins, no Centro Amazonense, que conta com 17 mil indígenas e 120 aldeias, está na lista destes distritos que concentram 59% das vagas não ocupadas dos Mais Médicos. Segundo o G1, a área apresenta atualmente apenas um profissional de saúde.  Preencher todas as 12 vagas de profissionais deste Dsei está entre as missões do Ministério da Saúde, que prorrogou prazos dos editais para todas as vagas ainda abertas no Brasil e que espera que os mais de 8 mil médicos formados no exterior que se inscreveram na 2ª etapa do programa preencham 100% das vagas, inclusive nas áreas isoladas.

 

Entre as dificuldades para preencher essas vagas estão distância do local, perfil do médico e plano de carreira. Das 106 vagas que não foram ocupadas, 63 estão em Dseis. No Brasil, 301 dos 529 médicos nos distritos indígenas eram cubanos — 57%, segundo o Ministério da Saúde. A população atendida nos distritos de saúde indígena é de 818 mil pessoas, segundo o governo federal.

Programa Mais Médicos encerra inscrições de formados no exterior neste domingo
Foto: Divulgação

Os médicos brasileiros e estrangeiros que se formaram no exterior - e que não possuem registro no Brasil - têm até este domingo (16) para enviar a documentação comprobatória para o Programa Mais Médicos. Segundo o Ministério da Saúde, as inscrições foram prorrogadas após picos de instabilidade do site do programa, o que dificultou o acesso dos candidatos ao sistema de inscrição.

 

De acordo com a Agência Brasil, no último balanço divulgado pela pasta, na quinta-feira (13), 6.634 profissionais brasileiros ou estrangeiros completaram a inscrição no programa. O médico que iniciar o processo tem até 24 horas para finalizar o envio da documentação para validação da inscrição. Ao todo, são 17 documentos, entre eles, o de reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os médicos obtiveram a formação.

 

Com o novo cronograma, os profissionais com registro (CRM) no Brasil também terão até 18 de dezembro para apresentação nas cidades selecionadas. O início da atuação deve ser estabelecido junto ao gestor local.

Hospital da Bahia inaugura novo Centro de Cardiologia com palestra de Fernando Bacal
Foto: Divulgação

O Hospital da Bahia inaugurou o novo Centro de Cardiologia. A unidade tem novas salas de consultório, e terá atendimento em subespecialidades da cardiologia, a exemplo da dislipidemia primária , arritmologia, angina refratária, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial, cardiooncologia e serviços de apoio integrado como ecocardiografia, teste ergométrico, ECG, Holtter, Mapa, entre outros. O evento de inauguração contou com a palestra de Fernando Bacal, chefe do Programa de Insuficiência Cardíaca e Transplantes do INCOR- SP e do Hospital Albert Einstein de São Paulo.

 

A sessão ocorreu no auditório Jorge Torreão e contou com a presença de grande número de cardiologistas do corpo clínico do hospital e de diversas outras instituições hospitalares da cidade de Salvador. O superintendente do Hospital da Bahia e diretor do Serviço de Cardiologia, Jadelson Andrade, procedeu a abertura da sessão que foi coordenada pela cardiologista, Marianna Andrade presidente do IEP-HBA. 

 

Bacal destacou a liderança do Brasil no mundo em transplantes do coração, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. "Este panorama se deve a diversos serviços de referência no Brasil, liderado pelo Estado de São Paulo, com destaque para os programas de transplante do INCOR – SP e do Hospital Albert Einstein, além de outros estados a exemplo de Minas Gerais e do Ceará", explicou.

 

Após palestra inicial foi apresentado um caso clínico real do Hospital da Bahia para ilustrar o tema e debates com a participação de Fernando Bacal e dois médicos cardiologistas convidados, especialistas em Insuficiência Cardíaca: Marcos Andrade, do Hospital Santa Isabel, e Paula Monteiro, integrante do Centro de Cardiologia  do  Hospital da Bahia. Marianna Andrade, que coordenou os debates após a apresentação do caso clínico, afirmou que “este modelo de sessão clínica adotado pelo IEP-HBA permite uma grande interatividade com os cardiologistas presentes na plateia com ganhos de conhecimento para todos, constituindo-se o objetivo primário do evento”.

Prefeitura monta esquema de saúde para atender moradores de Santa Cruz
Foto: Divulgação

Para garantir o acesso da população do bairro de Santa Cruz aos serviços básicos de saúde, a Prefeitura montou um esquema de assistência à comunidade. A partir da próxima segunda-feira (17), os moradores da localidade poderão ser atendidos em qualquer um dos postos do Distrito Barra/Rio Vermelho, a exemplo das Unidades de Saúde da Família Menino Joel e Sabino Silva, ambas no Nordeste de Amaralina. O Centro de Saúde Clementino Fraga (antigo 5º Centro), nos Barris, terá equipes reforçadas para garantir a ampliação da assistência.

 

A medida já foi informada aos lideres comunitários do bairro em uma reunião realizada nesta sexta-feira (14). O secretário de Saúde, Luiz Galvão, destacou que a medida é temporária e lamentou o fato que culminou com a suspensão momentânea dos serviços na unidade. A Secretaria Municipal da Saúde segue prestando todo suporte psicológico aos servidores vítimas da invasão do Centro de Saúde Santa Cruz. Os profissionais já foram relocados para outros postos da região, já que os mesmos estão fragilizados com o trauma gerado pelo episódio de violência.

Sexta, 14 de Dezembro de 2018 - 21:10

ANS lança programa de incentivo à atenção básica

ANS lança programa de incentivo à atenção básica
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou, nesta sexta-feira (14), o Programa de Certificação de Boas Práticas em Atenção à Saúde. A iniciativa visa incentivar as operadoras de planos de saúde a desenvolverem um cuidado mais qualificado na atenção primária. 

 

Para isso, o programa quer implementar redes de atenção ou linhas de cuidados em atenção primária certificadas por entidades reconhecidas pela ANS. 

 

As operadoras que cumprirem os requisitos pré-estabelecidos terão direito à uma certificação, e assim poderão participar do programa. A participação é voluntária e pode acontecer de duas formas: por meio da certificação ou com a implantação de projetos-piloto que se enquadrem nessa finalidade. 

 

Os requisitos que devem ser cumpridos pelas operadoras interessadas em participar do projeto se enquadram em seis eixos: planejamento e estruturação técnica; ampliação e qualificação do acesso; integração e continuidade do cuidado; interações centradas no paciente; monitoramento e avaliação da qualidade; e modelos inovadores de remuneração baseados em valor.

 

A ANS também busca firmar uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para fomentar projetos na saúde suplementar por meio de recursos destinados à implementação de estruturas necessárias de atenção primária. 

Pesquisadores americanos apontam surgimento de anticoncepcional masculino
Foto: Trevor Adeline / Caiaimage / Getty Images

Pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos estão fazendo testes para o surgimento de um anticoncepcional masculino. 

 

Segundo o site da revista Veja, trata-se de um gel capaz de interromper a produção de espermatozoides. O produto, chamado NES/T, seria aplicado nas costas e nos ombros do homem. 

 

Na fórmula, há a presença de progestina, derivada da progesterona, que tem a funçao de suprimir a produção de espermatozoides. Para evitar a baixa de libido e a perda muscular causada pelo composto feminino, o produto também contém testosterona. 

 

Ainda de acordo com a publicação, os resultados finais dos testes devem ser divulgados em três anos. 

Mais Médicos: 59% das vagas não ocupadas está em distritos indígenas
Foto: Karina Zambrana / Fotos Públicas

Após a primeira etapa seleção de profissionais para o programa Mais Médicos, 63 das 106 vagas não ocupadas estão em Distritos Especiais de Saúde Indígena, os Dseis.  De acordo com o G1, oito distritos ficaram com vagas ociosas após o término das inscrições na última sexta-feira (7). Ao todo, no país, existem 34 distritos. 

Beneficiários do Bolsa Família têm até este sábado para realizar atualização obrigatória
Foto: Agência Brasil

Os beneficiários do Programa Bolsa Família têm até este sábado (15) para comparecer a uma unidade básica de saúde (UBS) para atualização dos dados. O acompanhamento de saúde está entre as exigências do governo federal para a manutenção do pagamento, e os indivíduos que não atenderem a condicionalidade poderão ter o benefício bloqueado em 2019.

 

Para garantir que todos os participantes do programa realizem a atualização no município, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) montará um esquema especial neste sábado, quando equipes estarão de prontidão em postos de referência da rede para atendimento exclusivo.

 

“É importante que as famílias compareçam aos postos até o sábado para evitar o transtorno de ter o benefício bloqueado. O atendimento é rápido e não precisa ser agendado. Nossa expectativa é atender todas as pessoas que ainda não compareceram às unidades de saúde até o momento”, afirmou Kênya Lima, técnica da Atenção Primária à Saúde de Salvador.

 

Em Salvador, cerca de 347 mil pessoas são beneficiadas pelo programa. Até o momento, 52 mil indivíduos compareceram nos postos para o acompanhamento da saúde. A atualização pode ser feita em qualquer unidade básica da capital de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os beneficiários devem levar cartão SUS, caderneta de vacinação e carteira do pré-natal para as gestantes.

A um dia do prazo final, cerca de 3 mil inscritos no Mais Médicos ainda não se apresentaram
Foto: Agência Brasil

Balanço do Ministério da Saúde mostra que, até esta quinta-feira (13), cerca de 3 mil inscritos no Programa Mais Médicos ainda não se apresentaram nos municípios para os quais foram alocados. O prazo para que os profissionais comecem a trabalhar termina nesta sexta-feira (14).

 

Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, os dados foram apresentados nesta quinta para representantes dos municípios, estados e União.

 

Os gestores estão preocupados, segundo a publicação, com a possibilidade de abandono dos cargos por parte dos profissionais que iniciarão residências médicas a partir de março.

Sexta, 14 de Dezembro de 2018 - 13:10

Bebê nasce durante voo para a Turquia, uma hora antes do pouso

por Folhapress

Bebê nasce durante voo para a Turquia, uma hora antes do pouso
Foto: Reprodução / Twitter

A congolesa Musuamba Michoukayembe, 21, deu à luz ao pequeno Bennel durante um voo de quatro horas que ia de Libreville, capital do Gabão, para Istambul, na Turquia, nesta quinta (13). A mulher entrou em trabalho de parto três horas após a decolagem e precisou fazer um parto emergencial com a ajuda do marido, que é médico. 

A tripulação liberou espaço no fundo da aeronave para os procedimentos médicos. Após o nascimento do bebê, os comissários de bordo se organizaram para trocar limpar e trocar a criança, enquanto Musuamba se recuperava com a ajuda do marido. 

Com a gestação de 28 semanas, ou sete meses, não era esperado que a congolesa entrasse em trabalho de parto. As companhias aéreas permitem que grávidas voem sem autorização médica até, justamente, os sete meses de gravidez. 

Mãe e filho foram encaminhados para um hospital assim que pousaram na Turquia. Ambos passam bem. 

O piloto Alper Akkaya pediu prioridade para fazer o pouso em Istambul, mas não cogitou aterrizar em outro aeroporto. "Como eles estavam saudáveis, nós continuamos o nosso voo de quatro horas", disse em entrevista ao portal de notícias turco Hurriyet.

"Decolamos com 144 passageiros e aterrisamos com 145", afirmou a comissária Fatma Akyuz para a publicação. "Foi um momento lindo para nós."

Mais Médicos: Ministério da Saúde prorroga inscrições para formados no exterior
Foto: Agência RBS

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar as inscrições da segunda fase do Programa Mais Médicos. Os candidatos terão até o próximo domingo (16) para enviar a documentação necessária.

 

De acordo com a pasta, a medida foi tomada devido a picos de instabilidade do site do programa, o que pode ter causado dificuldades no momento da inscrição. Em nota, o ministério afirmou que o problema está relacionado ao grande número de acessos.

 

Nesta etapa, podem se inscrever médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior e sem registro em CRM no Brasil. É necessário o envio de 17 documentos, entre eles, o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação.

 

Em balanço divulgado nesta quinta-feira (14), o Ministério da Saúde informou que 6.634 profissionais já se inscreveram nesta fase do edital (veja aqui).

Sexta, 14 de Dezembro de 2018 - 09:20

Esplanada: Bebês prematuros que aguardavam regulação são transferidos para Salvador

por Francis Juliano

Esplanada: Bebês prematuros que aguardavam regulação são transferidos para Salvador
Foto: Reprodução / Google Maps

Os gêmeos prematuros que aguardavam regulação em Esplanada, no agreste baiano, foram transferidos na noite desta quinta-feira (13) para Salvador. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), os bebês foram levados para a maternidade Albert Sabin. Nesta quinta, o Bahia Notícias informou o caso dos pequenos Cauã e Caio (ver aqui).

 

Os dois nasceram no dia 4 de dezembro e estavam internados na maternidade da Santa Casa de Misericórdia. Segundo relato da unidade, um dos bebês que nasceu com 1,4 kg já estava com quase 1 kg, necessitando da transferência para uma unidade com mais recursos e com neonatologista [especialista no atendimento a recém-nascidos].

Segunda etapa do Mais Médicos soma 6,6 mil inscrições de formados no exterior
Foto: Karina Zambrana / ASCOM MS

O Ministério da Saúde informou que, até as 18h desta quinta-feira (13), 6.634 profissionais se inscreveram na segunda etapa do Programa Mais Médicos. O prazo para inscrição se encerra nesta sexta.

 

Nesta etapa, podem se inscrever médicos brasileiros ou estrangeiros formados no exterior, mesmo sem revalidação do diploma. O governo exige uma lista de 17 documentos, entre eles, o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação.

 

O ministério divulgou ainda um balanço da primeira fase do edital, na qual a pasta buscava preencher 8.517 vagas com profissionais com registro (CRM) no Brasil. Até agora, 5.352 médicos compareceram ou iniciaram as atividades nas localidades. O índice representa 62% de ocupação efetiva das vagas. Os profissionais têm até esta sexta para apresentação nas cidades selecionadas.

Governo federal entrega mil veículos para reforçar combate ao Aedes aegypti
Foto: Divulgação

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (12) a entrega de mil caminhonetes para auxiliar no combate ao mosquito Aedes aegypti. Segundo a Agência Brasil, a cerimônia de entrega aconteceu no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer e do ministro da Saúde, Gilberto Occhi. Segundo o ministro, foram investidos R$ 109 milhões.

 

“Este é um investimento para a vigilância em saúde. É um veículo que será entregue para esse trabalho, um trabalho contínuo. Todos os estados brasileiros serão contemplados”, disse Occhi. Para a entrega das caminhonetes, será observado o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). As regiões com maior risco de surto serão priorizadas na distribuição dos veículos.

 

O LIRAa mostra que, das 27 capitais em todo o país, Palmas, Boa Vista, Cuiabá e Rio Branco estão em risco de surto não apenas de dengue, mas também de zika e chikungunya.

 

Outras 12 capitais, de acordo com o estudo, registram situação de alerta: Manaus, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Brasília, São Luís, Belém, Vitória, Salvador, Porto Velho, Goiânia e Campo Grande.

 

O governo também lançou o Sistema Integrado de Controle de Vetores do mosquito Aedes aegypti. A partir do ano que vem o sistema detalhará em tempo real o monitoramento de doenças nos estados e municípios.

Hospital das Clínicas realiza mutirão de saúde em instituições de caridade
Foto: Divulgação

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Hupes) realiza, na próxima quinta-feira (20), um mutirão de saúde em duas instituições de caridade de Salvador. A ação faz parte da Ebserh Solidária, que acontece em todo o país.

 

Uma equipe multiprofissional realizará atendimentos e oferecerá orientações de prevenção e cuidado à saúde no Orfanato Lar Vida, pela manhã, e no Asilo São Lázaro, no período da tarde. As duas instituições estão localizadas na Estrada Velha do Aeroporto.

 

De acordo com o superintendente do Hupes, Antônio Carlos Lemos, a proposta será também, após avaliação clínica, encaminhar alguns pacientes ao hospital para a realização de procedimentos e exames, caso sejam necessários. “Com isso, garantimos um atendimento mais integral para essas pessoas que têm dificuldades de acesso à rede pública na Bahia”, afirmou.

 

A ação envolve aproximadamente 40 profissionais da área de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, nutricionistas e farmacêuticos. Também serão realizadas ações educacionais preventivas em saúde e doações de alimentos.

 

Em todo Brasil, a expectativa é de que sejam atendidas em torno de 1,3 mil crianças e 1,7 mil idosos. Participarão de aproximadamente 1,2 mil profissionais dos 40 hospitais vinculados à Rede Ebserh dentre assistenciais e administrativos, além de alunos e residentes.

Histórico de Conteúdo