Quarta, 25 de Fevereiro de 2015 - 09:57

Petrobras vira má pagadora

por Samuel Celestino

Petrobras vira má pagadora
A Petrobras entrou em parafuso com a decisão da agência Moody's de rebaixar a nota da petroleira que agora passou para vergonha total da principal estatal brasileira e do governo Dilma Rousseff, à condição de má pagadora. O mal está feito, no que pese o governo ter movido o céu e o inferno para tentar impedir o rebaixamento. Em vão. Agora, a economia brasileira vai para a corda bamba porque poderá ser contagiada pela decisão da agência. Foi no que deu a gestão do PT na grande petroleira brasileira, besuntada com o maior escândalo de corrupção (que o governo não sabia) que já aconteceu nesta República tropical. Agora, como se observa, passamos à condição de decadente, quando os brasileiros haviam imaginado que o País iria disparar para se juntar às grandes nações do Primeiro Mundo. Qual o quê! A incompetência gerencial levou a esta situação, malgrado o governo tenha, como último recurso, feito tudo para que a agência recuasse da sua decisão. Se isso ocorresse, desmoralizaria a Moody's na medida em que passaria a ser manietada por países e empresas, como ocorreu com a Petrobras, símbolo brasileiro desde os anos 50 quando foi fundada. Agora, até Lula aconselha Dilma a levantar a cabeça, como se ele pudesse aconselhá-la, já que a presidente foi invenção dele. Espera-se, é o que resta, que a economia brasileira não seja contagiada e que o Brasil possa retornar à trilha que a população imaginava que estivesse, como principal nação (e ainda é) da América do Sul.

Histórico de Conteúdo