Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias

Notícia

Mundo Novo: Prefeito responde as acusações de vereadores e sai em defesa do TCM

Por Felipe Campos

O prefeito de Mundo Novo, cidade a 292 quilômetros de Salvador, enviou um documento em resposta às acusações de vereadores do município (que citam processo aberto pelo Ministério Público contra sua administração) sobre irregularidades em contratos firmados em 2009 e 2010 com supostas Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips). De acordo com o gestor Luzinar Gomes Medeiros (DEM), a contratação das empresas não se trata de “terceirização de serviços”, mas de uma “parceria realizada em comunhão de esforços entre os parceiros”. O democrata também afirma que não houve irregularidade na dispensa de licitação para a contratação dos institutos de Desenvolvimento na Promoção de Emprego (Idepe) e Nacional de Apoio Técnico (Inat). “Diferentemente do anunciado no Bahia Noticias, todos os pagamentos realizados pelo Município somente ocorreram após a devida fiscalização dos serviços prestados, perfazendo um total divergente dos valores divulgados”, diz a nota.  Ele também saiu em defesa do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que não reprovou suas contas para o ano de 2010 mesmo com as acusações do MP de irregularidades em contratos. “Os vereadores colocam em xeque a credibilidade do TCM/BA, uma Corte séria que vem fazendo um trabalho exemplar no julgamento das contas dos gestores do nosso Estado (prefeituras e câmaras)”, elogiou o prefeito. Confira aqui o documento enviado ao Bahia Notícias na íntegra.