Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Terceiro Turno': Desvios fraternos (e milionários) no Extremo Sul baiano
A Operação Fraternos, dedicada a investigar desvios de recursos nas prefeituras de Eunápolis, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, chegou a outro patamar nesta semana: as prisões dos ex-prefeitos Robério Oliveira (Eunápolis) e Claudia Oliveira (Porto Seguro). O casal conseguiu um habeas corpus no dia seguinte, mas não sem antes passar por presídios. Eles, o ex-vice prefeito de Porto, Beto Axé Moi, e três empresários foram alvo de prisão preventiva, acusados de participar de um esquema de fraudes em licitações públicas, com desvios que somam R$ 11 milhões. Com isso, os novos desdobramentos incluíram ainda o afastamento do prefeito Agnelo Santos, irmão de Claudia, da Prefeitura de Cabrália. Diante da repercussão do caso, o episódio 82 do podcast Terceiro Turno explica o esquema denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF).

Leia mais

Terceiro Turno': Xepa, desemprego, prato vazio e a eleição de 2022
A tão prometida recuperação econômica do Brasil foi comprometida pela chegada da pandemia da Covid-19. Apesar do otimismo pregado por alguns personagens do governo federal, sobretudo do ministro da Economia, Paulo Guedes, o que se observa, no geral, é um avanço do desemprego e do número de desalentados; uma redução trágica de poder de compra, especialmente da classe média, e um país cara a cara com a fome e a insegurança alimentar. Tudo isso diante de um processo eleitoral que teima em se antecipar a todo tempo. E é desse contexto que surge o episódio #81 do Terceiro Turno, que faz um percurso reflexivo a partir da questão: de que forma a situação econômica atual no Brasil e na Bahia pode refletir na construção de alianças e nas urnas nas eleições de 2022?

Leia mais

Terceiro Turno': Sombra de Bolsonaro racha patriota na Bahia
A possibilidade do presidente Jair Bolsonaro se filiar ao partido Patriota, já ventilada nos bastidores, ficou mais próxima ou mais real com a filiação do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, ao partido nesta semana. O chefe do poder Executivo do Brasil está sem um partido para chamar de seu desde 2019, quando deixou o PSL. Mudanças como esta redesenham alianças. Na Bahia, a novidade em relação a Flávio, e a possibilidade de migração do clã Bolsonaro para o Patriota gerou reações das principais lideranças da sigla em Salvador, que até então marcha com o ex-prefeito da capital, ACM Neto, e que, como todo mundo sabe, tem feito críticas ao presidente. Diante disso, o Terceiro Turno discute, no episódio 80, as reações, mudanças e projeções para o cenário político na Bahia com a possibilidade do clã Bolsonaro integrar o Patriota.

Leia mais

Sexta, 28 de Maio de 2021 - 08:10

'Terceiro Turno': Pedetistas sem o PDT no governo Rui

'Terceiro Turno': Pedetistas sem o PDT no governo Rui
Após o governador Rui Costa (PT) tirar a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) das mãos do PDT, o presidente estadual do partido, deputado federal Félix Mendonça Jr, disse que o petista escolheu ter a legenda como oposição. No entanto, parlamentares filiados à sigla falam em sinalização para que eles continuem na base governista. Segundo o deputado estadual Samuel Júnior, o rompimento foi apenas com Félix e as consequências não vão atingir os demais. Já o presidente do partido afirma que não vai expulsar ninguém, mas quem não seguir a orientação deve procurar outra legenda. Em meio a essas discordâncias, os correligionários ficaram de se reunir na próxima segunda-feira (31), mas o episódio 79 do Terceiro Turno já repercute a situação do partido entre as bases de governo e oposição.

Leia mais

'Terceiro Turno': Coleção de desafetos e pedras no caminho de ACM Neto para 2022
O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), iniciou nesta quinta-feira (20) seu projeto de viagens pelo interior da Bahia. Apesar de não dizer diretamente, ao fazer o "tour", Neto tenta pavimentar sua candidatura ao governo do estado em 2022. No entanto, o estilo pouco conciliatório que o ex-prefeito tem demonstrado ultimamente não o favorece nas articulações. Além das brigas com o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e com o ministro da Cidadania João Roma, Neto se desentendeu ultimamente com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Colecionar brigas em âmbito nacional e estadual não é o mais desejado para quem quer se candidatar. Além disso, Neto tem outros calos para 2022: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o senador Jaques Wagner (PT) e sua relação mal resolvida com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Essas questões são discutidas pelos apresentadores Ailma Teixeira, Jade Coelho e Bruno Luiz no episódio 78 do Terceiro Turno.

Leia mais

'Terceiro Turno': Fábio Vilas-Boas, Leo Prates e o capital político adquirido na pandemia
Com a crise sanitária causada pela disseminação do novo coronavírus, a Saúde, que já era uma pasta importante, se tornou a grande protagonista das gestões. As figuras à frente dessa pasta, no âmbito estadual e municipal, enfrentam desafios e têm responsabilidades enormes, mas também benesses. Na Bahia e em Salvador, os secretários Fábio Vilas-Boas e Leo Prates ganharam posições de destaque, notoriedade e puderam expandir a presença e importância política. Diante disso, o episódio 77 do podcast Terceiro Turno debate a carreira, o capital político adquirido pelos secretários da saúde durante a pandemia da Covid-19 e como isso pode beneficiá-los nas eleições do ano que vem.

Leia mais

'Terceiro Turno': Quem sai, quem fica e o que muda no secretariado de Rui
Depois de muita espera na base aliada, o governador Rui Costa (PT) começou a reforma administrativa no seu secretariado. Apurações feitas pelo Bahia Notícias dão conta de que o PSB, da deputada federal Lídice da Mata, trocou a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) pela Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), e o Podemos, do deputado federal Bacelar, vai ficar com a Secretaria de Turismo (Setur). Com isso, eles ocuparão espaços antes delegados ao PDT e ao PL, que estiveram ao lado do ex-prefeito ACM Neto (DEM) na disputa pela capital baiana em 2020. Diante desse cenário, as mudanças prometidas e as demais já oficializadas fazem parte da pauta do episódio 76 do Terceiro Turno que aborda o reequilíbrio de forças partidárias na administração petista.

Leia mais

Sexta, 30 de Abril de 2021 - 08:10

'Terceiro Turno': Capitão Alden na mira da cassação

'Terceiro Turno': Capitão Alden na mira da cassação
O deputado estadual Capitão Alden (PSL) está em maus lençóis. Enfrenta a ira dos colegas da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), após dizer que eles receberiam R$ 1,6 milhão mensais da prefeitura de Salvador. A denúncia levou a bancada a protocolar um requerimento no Conselho de Ética da Casa para abertura de processo por quebra de decoro parlamentar. Se aceito, o caso pode culminar na cassação do seu mandato. O problema é que os deputados não parecem muito dispostos a salvar o pescoço do parlamentar. E Alden, com seu comportamento beligerante, também parece não se ajudar. No episódio 75 do "Terceiro Turno", os apresentadores Ailma Teixeira, Bruno Luiz e Jade Coelho discutem os caminhos que podem levar Alden a perder o mandato.

Leia mais

'Vacine-se': Imunização e medidas de restrição são armas para combater a Covid-19
Trezentos e noventa e um mil novecentos e noventa e seis mortos pela Covid-19 no Brasil. Mais de 3,11 milhões no mundo inteiro. Um vírus, capaz não só de causar mortes, como também desemprego, fome, angústia, depressão, e uma série de problemas físicos e psicológicos que podem durar para sempre nas nossas vidas.

Leia mais

'Terceiro Turno': Ansiedade e críticas marcam indefinição de reforma administrativa de Rui
A ansiedade tem tomado conta de partidos da base e figuras aliadas ao governador Rui Costa (PT). Eles aguardam a reforma administrativa no alto escalão, prometida e aguardada desde 2020, e que segue sem acontecer. A espera pela definição tem caminhado junto com as críticas à articulação política e a abertura ao diálogo por parte do mandatário. As consequências da demora e a opção pelo não-diálogo adotada pelo Executivo podem influenciar ainda na formação da base para as eleições de 2022, até porque tem partido aliado que já está em diálogo com o grupo adversário, liderado pelo ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Diante disso, o episódio 74 do podcast Terceiro Turno discute o que está em jogo e quais são as expectativas em relação a aguardada reforma administrativa de Rui Costa.

Leia mais

Histórico de Conteúdo