Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 23 de Junho de 2022 - 00:00

Otto Alencar

Otto Alencar
Foto: Waldemir Barreto / Agência Senado

"Não faltam motivos, provas contundentes ou fatos determinados para a abertura da CPI. Já era conhecido esse tráfico de influência do ministro Milton Ribeiro, que escolheu pessoas que eram diretamente ligadas ao presidente da República, dois pastores, os dois lobistas do Ministério da Educação. Todo mundo em Brasília sabia disso".

 

Disse o senador Otto Alencar (PSD) após o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) voltar às conversas com seus pares de parlamento para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar casos de corrupção no Ministério da Educação (MEC) durante o governo de Jair Bolsonaro (PL).
 

Histórico de Conteúdo