Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Líderes partidários se reúnem na Câmara para discutir taxação dos lucros da Petrobras
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), irá se reunir com os líderes de partidos para analisar a proposta de taxação dos lucros da Petrobras nesta segunda-feira (20). A discussão ganhou mais força após os reajustes nos preços da gasolina e do diesel na semana passada.

 

Entre os principais assuntos a serem tratados, está a proposta do próprio Arthur Lira, na qual sugere dobrar a taxação sobre os lucros da estatal. Em balanço financeiro, a Petrobras reportou um lucro líquido de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano, uma alta superior a 3.000% em comparação com o mesmo período de 2021.

 

"A Petrobras não dá um sinal para diminuir seu lucro de 30%, está trabalhando para pagar dividendos a fundos de pensão internacionais. Não custava nada esperar resultados do que estamos fazendo para diminuir a inflação para os mais vulneráveis antes de anunciar novos aumentos", afirmou Lira.

 

Após o aumento dos combustíveis, a companhia também foi alvo de críticas do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que, inclusive, defendeu a renúncia de José Mauro Ferreira Coelho, que pediu demissão do cargo de presidente da Petrobras nesta segunda (veja aqui).

 

Em nota divulgada na semana passada, a estatal disse que vai distribuir R$ 32 bilhões de dividendos ao acionista controlador da empresa, no caso, o próprio governo federal.

Histórico de Conteúdo