Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Acusados de envolvimento em roubos, delegado e investigador são demitidos da Polícia Civil
Fotos: TV Bahia / Divulgação PC-BA

O governador Rui Costa assinou, na edição desta quarta-feira (25) do Diário Oficial, as demissões do delegado Artur Ferreira dos Santos e do investigador Luides Souza de Quadros da Polícia Civil da Bahia.

 

Em março de 2018, a Corregedoria da Polícia Civil (Correpol) e do Centro de Operações Especiais (COE) já haviam cumprido mandado de prisão conta o delegado. Arthur era acusado de acusado de roubo, extorsão e falsidade ideológica (veja aqui).

 

Já em novembro de 2015, o investigador foi preso pela Correpol, após ser flagrado em sua casa com uma motocicleta roubada. Além da moto, foram apreendidos placas e chaves de dezenas de veículos, além de carcaças, chassis e motores de outras motocicletas, com sinais de adulteração. O material foi encontrado durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa do agente.

 

Segundo apuração da polícia, a moto foi roubada no dia 25 de fevereiro de 2010, em Campinas de Pirajá. Segundo relatos de testemunhas que prestaram depoimento à época, os homens responsáveis pelo roubo se identificaram como policiais civis no momento do assalto. Um deles foi descrito com características físicas de Luides, que era lotado no posto policial do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). O agente integrava a Polícia Civil desde 2001 (saiba mais aqui).

Histórico de Conteúdo