Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 13 de Maio de 2022 - 00:00

Aguardando Iphan, roda-gigante de Salvador deve ter inauguração apenas em 2023

por Mauricio Leiro

Aguardando Iphan, roda-gigante de Salvador deve ter inauguração apenas em 2023
Foto: Jefferson Peixoto/ Secom/ PMS

A inauguração da roda-gigante em Salvador deve ficar apenas para 2023. Apesar de ter recursos garantidos e com prazo máximo de execução de até 12 meses (relembre aqui),  o processo ainda está dependendo da aprovação do projeto pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), de acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador (Secult).

 

Pensando em explorar o turismo local (veja aqui), a nova roda-gigante de Salvador foi planejada para ser construída em dois lugares sendo definido o Comércio como ponto para a instalação (reveja mais). “É semelhante a de Londres e a Rio Star. Aqui em Salvador vai ser ali do lado do Polo de Economia Criativa, do lado do hub de tecnologia”, informou o prefeito de Salvador, Bruno Reis (UB) durante anúncio (relembre mais). 

 

O brinquedo terá 84 metros de altura e de cima será possível ver a Cidade Alta, o Subúrbio e a Ilha de Itaparica. É o mesmo tamanho da que existe no Rio de Janeiro e em Foz do Iguaçu. "No Rio, ela está entre os cinco pontos mais visitados, mesmo com a cidade tendo outros pontos turísticos famosos”, explicou o prefeito (veja aqui). 

 

Salvador já teve duas rodas-gigantes, em períodos distintos. Uma, em 2015, foi instalada no Farol da Barra, com 20 metros de altura, 16 gôndolas, e capacidade para 64 pessoas (quatro por gôndola), sendo promovida por uma empesa de bebidas, em parceria com a prefeitura de Salvador, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur). 

 

Outra foi instalada no Festival Virada Salvador, próximo ao palco da Arena Daniela Mercury. O equipamento tinha 36 metros de altura e 100 mil lâmpadas de LED, e comportava até 140 pessoas em cada passeio, distribuídas em 24 gôndolas - com limite de seis pessoas em cada uma. Tradicional durante o festival, a roda-gigante de Salvador virou ponto turístico durante os dias do evento (reveja aqui e aqui).

Histórico de Conteúdo