Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Região de Irecê será a nova fronteira agrícola do país com o Canal da Redenção, diz Roma
Foto: Divulgação

O deputado federal João Roma (PL), pré-candidato a governador da Bahia, defendeu nesta sexta-feira (6) o projeto do Canal da Redenção como uma estratégia importante de desenvolvimento para a região de Irecê, no sertão da Bahia. De acordo com ele, a iniciativa seria mais um eixo da transposição do Rio São Francisco, para transformar o Platô de Irecê em uma nova fronteira agrícola do Brasil.

 

“Nessa região, estão uma das mais férteis terras do país. Tem luminosidade, solo fértil, mas falta a água que vamos levar com o Canal da Redenção para gerar emprego e renda, e promover o desenvolvimento social e econômico do povo baiano”, disse Roma, em entrevista à rádio Cidade FM.

 

“O eixo do Canal do Sertão Baiano já foi autorizado pelo presidente [Jair] Bolsonaro e brevemente a água do São Francisco vai chegar em regiões da Bahia carentes de recursos hídricos. Agora, estamos empenhados na realização do Canal da Redenção, outra medida necessária à transformação da vida das pessoas que vivem no Semiárido”, continuou.

 

João Roma foi ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, mas deixou a gestão federal em março, para se viabilizar como o candidato bolsonarista ao governo da Bahia.

Histórico de Conteúdo