Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após jogo do Bahia, deputado diz que vai levar erros de arbitragem à CPI do Futebol
Mário Negromonte Júnior | Foto: Câmara dos Deputados

Após mais um jogo do Bahia com polêmicas e erros de arbitragem (leia mais aqui), o deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP) disse que vai apresentar o caso ao Congresso Nacional, através da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol.

 

O parlamentar usou sua conta no Twitter para criticar o árbitro da partida, Vinicius Gonçalves Dias Araújo, e classificou o episódio do jogo entre Flamengo e Bahia, realizado na noite desta quinta-feira (10), pelo Campeonato Brasileiro, como "assalto, vergonha e escândalo".

 

"É revoltante ver tantos erros dos árbitros no futebol brasileiro. O que aconteceu no jogo do BahiaxFlamengo foi um assalto, uma vergonha, um escândalo! Vou apresentar a CPI dos erros da arbitragem do futebol brasileiro. Tem que ter padrão e critério nas decisões da arbitragem", escreveu Negromonte.

 

 

O vice-presidente do Tricolor baiano, Vitor Ferraz, também se manifestou sobre a decisão do juiz ao marcar pênalti para o Flamengo após o meia Diego acertar um chute de bicicleta no peito do zagueiro Conti dentro da grande área (leia mais aqui).

 

"Lamentar o que a gente assistiu hoje. Confesso que o Esporte Clube Bahia não suporta mais esse escárnio. O Bahia foi prejudicado pela terceira partida consecutiva em lances que o VAR chama e os árbitros não observam os equívocos que estão sendo cometidos. Nas partidas contra Juventude em São Paulo, os erros foram reconhecidos depois das representações. O árbitro hoje decidiu a partida. Temos uma folha seis, sete vezes menores que o Flamengo e somos prejudicamos desssa forma", disse.

Histórico de Conteúdo