Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Rachado por disputas internas, PSDB se reúne para discutir impeachment de Bolsonaro
Fotos: Wilson Dias / Agência Brasil - Valter Campanato / Agência Brasil

A bancada do PSDB na Câmara dos Deputados foi surpreendida com a decisão do presidente do partido, Bruno Araújo, de convocar uma reunião, para a manhã desta quarta-feira (8), para tratar do apoio ao impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido), segundo a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

 

Atualmente a bancada tucana está dividida em duas alas capitaneadas por mineiros com Aécio Neves e paulistas aliados de João Doria. De acordo com a publicação, o grupo que quer mais independência na Câmara está animado com a reunião. Diz que é a oportunidade de o partido "parar de votar com o governo sem nem se aprofundar nos assuntos".

 

Já os governistas tentam esticar a corda sob o argumento de que falta pouco para o fim do governo e que não é oportuno se posicionar em um momento em que o país está polarizado entre Bolsonaro e Lula, segundo as pesquisas.

Histórico de Conteúdo