Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Obras Sociais Irmã Dulce são premiadas na Câmara dos Deputados por cuidado a idosos
Foto: Carol Garcia / GOVBA

A Câmara dos Deputados divulgou, nesta quarta-feira (18), que as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) foram uma das cinco entidades ou personalidades agraciadas com o Prêmio Zilda Arns, que reconhece pessoas físicas e jurídicas com destaque na defesa e promoção dos Direitos da Pessoa Idosa. A indicação da Osid foi realizada pelo deputado federal Jorge Solla (PT-BA).

 

Além da Osid, também receberão a homenagem o padre Júlio Lancellotti, a Sociedade Beneficente Monsenhor Alonso, a geriatra Karla Giacomin e a assistente social Lidiane Charbel Souza Peres. Os agraciados foram selecionados por um conselho de membros dos partidos políticos e membros da comissão de Defesa da Pessoa Idosa (CIdoso).

 

Criada em 1959, a Osid é o único complexo do estado a oferecer, ao mesmo tempo, atendimento ambulatorial e internação hospitalar para casos graves e pacientes crônicos. São 16 leitos de pacientes com patologias agudas, 16 leitos de cuidados paliativos, 24 de reabilitação, 88 de patologias crônicas e 72 de longa permanência.

 

A unidade mantém programas para o idoso diabético e hipertenso. O Centro Dia atende mensalmente 70 idosos da comunidade, em regime de meio turno, oferecendo atividades de socialização, reabilitação física e cognitiva. A Osid recebe ainda idosos portadores de Alzheimer e Parkinson. A Morada de Idosos reúne 72 moradores que viviam em situação de vulnerabilidade.

 

“Quem conhece o trabalho feito no Centro de Geriatria e Gerontologia Júlia Magalhães (CGGJM) se emociona. Eu tive esse privilégio e é uma das expressões mais vivas da magnitude da obra de Santa Dulce dos Pobres em vida, porque ela sempre estendeu as mãos para ajudar os desvalidos, em especial os mais frágeis, os idosos”, apontou Solla.

 

A solenidade de premiação acontece na semana do dia 1º de outubro, data em que se comemoram o Dia Nacional e Internacional da Pessoa Idosa, instituído pela Organização das Nações Unidas.

Histórico de Conteúdo