Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Além de filha, sobrinhos de Pazuello receberam auxílio emergencial
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Além da filha, pelo menos outros dois parentes do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, atual secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, receberam o auxílio emergencial.

 

O recurso é liberado pelo governo federal para atender famílias vulneráveis durante a pandemia do coronavírus. A informação foi divulgada pelo Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, com dados obtidos no Portal da Transparência.

 

Stephanie dos Santos Pazuello é filha legítima do general e atualmente ocupa um cargo por indicação desde janeiro deste ano, na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. De acordo com a publicação, ela foi nomeada para exercer o cargo de assistente da secretaria, com salário inicial de R$ 1.884,00.

 

No ano passado, quando Pazuello já ocupava o ministério, a servidora comissionada recebeu R$ 2,4 mil dos cofres públicos no total, em duas parcelas: abril e julho.

 

Ainda de acordo com a publicação, naquele mesmo mês, ela ganhou um cargo anterior ao atual, na Rio Saúde, empresa pública da Prefeitura. O salário era de R$ 7.171,00. O pagamento do benefício federal foi referente ao mês de maio, portanto, antes de Stephanie tomar posse na instituição.

 

Dois sobrinhos de Pazuello também aparecem na lista de beneficiados. São os filhos de Cynthia Pazuello, irmã mais velha e administradora das empresas da família do ex-ministro.

 

Para a Receita Federal, ela declara capital social do conglomerado de R$ 1,2 milhão.

Histórico de Conteúdo