Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Conselho de Ética abre processos sobre condutas dos deputados Luis Miranda e Ricardo Barros
Foto: Montagem / Agência Câmara

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou nesta terça-feira (13) dois processos para apurar as condutas dos deputados Luis Miranda (DEM-DF) e Ricardo Barros (PP-PR).  Os relatores serão escolhidos pelo presidente do conselho, Paulo Azi (DEM-BA).

 

A abertura dos dois processos foi motivada por representações apresentadas contra os parlamentares, baseadas em fatos relacionados à CPI da Covid. Essas representações pedem a perda dos mandatos de Miranda e Barros, segundo o G1.

 

Luis Miranda afirma que alertou o presidente Jair Bolsonaro sobre as suspeitas envolvendo as negociações para aquisição da Covaxin pelo governo. Segundo Miranda, ao ouvir o relato, Bolsonaro disse que era "coisa" de Ricardo Barros, o que o parlamentar nega.

 

Após a instauração dos processos nesta terça, foram sorteados para a relatoria de cada processo os nomes de três deputados.

 

Nomes sorteados para relatoria:

Para o processo de Ricardo Barros, foram sorteados os seguintes nomes:

Tiago Mitraud (NOVO-MG);
Cezinha de Madureira (PSD-SP);
Luiz Carlos Motta (PL-SP).


Já para o processo de Luis Miranda:

Darci de Mattos (PSD-SC);
Gilberto Abramo (Republicanos-MG);
Ivan Valente (PSOL-SP).

Histórico de Conteúdo