Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'A mentira jamais vai conseguir impedir a defesa da Constituição', diz Gilmar Mendes
Foto: Reprodução / STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes desmentiu informações falsas que circulavam sobre o voto, do também ministro Luis Roberto Barroso, para a redução da maioridade para estupro de vulnerável. Mendes publicou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (12), uma postagem desmentindo a informação. 

 

Gilmar ressaltou que o voto de Barroso, em julgamento em 2017, seria para manter a ação penal contra um jovem de 18 anos acusado de manter relações com uma menina de 13 anos. 

 

"Disseminar notícias falsas é corrosivo para a democracia e configura crime. Não existe juiz da Corte Constitucional brasileira favorável à pedofilia, à tortura ou a qualquer forma de violência. A mentira jamais vai conseguir impedir a defesa da Constituição", completou.

 

Histórico de Conteúdo