Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Prefeitura envia à Câmara pedido para pagar nova parcela do 'Salvador por Todos' em julho
Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias

A prefeitura de Salvador enviou um pedido de autorização à Câmara Municipal para pagar, neste mês de julho, mais uma parcela do Salvador por Todos, auxílio emergencial de R$ 270 criado pela prefeitura da capital baiana para mitigar os efeitos da crise gerada pela pandemia. O texto foi enviado nesta terça-feira (6) ao Legislativo.

 

O texto é assinado pelo prefeito Bruno Reis (DEM), que justifica que a extensão do programa visa “assegurar as condições mínimas de sobrevivência para as categorias vulneráveis, tendo em vista a previsão do retorno da economia de forma lenta”.

 

Caso seja aprovada pela Casa, este será a 16ª parcela do benefício, iniciado ainda na gestão do ex-prefeito ACM Neto (DEM), no ano passado.

 

O benefício é válido para trabalhadores autônomos cadastrados nos órgãos municipais, que tiveram a renda reduzida devido à necessidade de distanciamento social causada pela pandemia.

 

Além de pessoas em situação de rua, são beneficiários do programa ainda ambulantes, barraqueiros, donos de quiosques, baianas de acarajé, feirantes, baleiros, guardadores de carro, recicladores, mototaxistas, taxistas e motoristas de aplicativo acima de 60 anos.

Histórico de Conteúdo