Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Tira eu de combate, quem seria outro que iria com Lula no segundo turno?', diz Bolsonaro
Foto: Reprodução / Facebook

O presidente Jair Bolsonaro criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato (veja aqui) e rivalizou com o ex-presidente. O presidente participou de sua live nesta quinta-feira (15).

 

"O Brasil não quebrou no último ano. Alguns querem que eu resolva do dia para a noite. Estamos com problemas há décadas. Acredito que estou fazendo a coisa certa. Pela decisão do STF, o Lula será candidato. Se ele voltar pelo voto direto, auditável, tudo bem. Veja o tipo de gente que ele trará para o governo. Em março de 2022 ele vai escolher mais dois ministros para o STF", disse. Em março do próximo ano, o presidente ainda seria o próprio Bolsonaro e não há previsão de abertura de novas vagas na Corte até lá.

 

Bolsonaro ressaltou que não estaria se candidatando à reeleição. "Tira eu de combate, quem seria outro que iria com Lula no segundo turno? É só entender qual o futuro de cada um de vocês. Veja qual o futuro reserva para vocês, e com essa decisão do STF, praticamente anulando as decisões e garantido mais duas vagas", acrescentou.

Histórico de Conteúdo