Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Empresa chinesa finaliza produção e apresenta primeiro veículo do 'VLT do Subúrbio'
Foto: Reprodução/Youtube

O primeiro veículo do sistema "VLT do Subúrbio" foi apresentado pela empresa chinesa BYD nesta quinta-feira (8) como "o primeiro skyrail a operar sobre o mar". A previsão é de que o trem chegue a capital baiana entre dezembro deste ano e janeiro de 2022.

 

A cerimônia contou com a presença do governador da Bahia Rui Costa; representantes da BYD; da SkyRail, empresa que vai operar o sistema; e de outros integrantes do governo como o vice-governador João Leão e o secretário de Desenvolvimento Urbano Nelson Pelegrino.

 

O projeto prevê duas linhas (verde e laranja) com 23,3 km de extensão e 25 paradas entre Salvador e cidades da Região Metropolitana. O modal vai passar por áreas centrais e costeiras de Salvador.

 

O trem apresentado nesta quinta tem desing aerodinâmico, é composto de quatro carros interligados e com passagem livre entre eles. De acordo com a BYD, as portas tem 1,6m e foram pensadas como forma de acessibilidade. No interior há assentos comuns e preferenciais e uma área reservada para bagagem. O trem utiliza sistema de operação automático e sistema inteligente de atendimento ao cliente.

 

Os passageiros terão acesso a um sistema de informação e localização e também a um circuito fechado de TV.

 

Em relação aos recursos de segurança, o veículo conta com câmeras e intercomunicador de emergência para os passageiros, dispositivo para saída de emergência, extintores de incêndio, e detectores de fumaça.

 

O veículo conta com sistema de suspensão a ar e um raio de curvatura.

 

Após a apresentação do veículo o governador Rui Costa exaltou os pontos positivos do projeto. Na visão dele, o sistema de VLT do Subúrbio vai contribuir com o meio ambiente e será um vetor de desenvolvimento econômico e social para Salvador e cidades da Região Metropolitana.

 

“Nos enche de orgulho após colocar a Bahia como a segunda maior extensão de metrô do Brasil, agora dá um passo largo para a modernização do seu transporte. Com esse veículo moderno, que vai substituir um trem lá da década de 1940-1950, e que já não reunia mais condições operacionais e muito menos condições de conforto e atualização tecnológica, velocidade, rapidez que esse veículo proporciona”, comentou o governador da Bahia.

Histórico de Conteúdo