Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Osid vão receber R$ 19,7 milhões por operação do Hospital de Campanha da Fonte Nova
Foto: Divulgação/ GOVBA

As Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) receberão R$ 19,7 milhões do governo do estado pela gestão e operação do Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador.

 

De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado, o Estado vai pagar R$ 6.566.751,15 por mês à organização social, pelo serviço. Como o contrato é por 90 dias, o valor global dele é de quase R$ 20 milhões. 

 

Reativada nesta quinta-feira (4), a unidade opera atualmente com 10 leitos clínicos e 10 de UTI exclusivos para Covid-19, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. 

 

O hospital tem capacidade para 200 leitos, mas inicialmente funcionará com 80, distribuídos em 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 leitos clínicos.

 

A unidade foi reaberta como esforço do governo estadual para reduzir a ocupação de leitos para pacientes com coronavírus na Bahia. Nesta manhã, o estado tem 85% de UTIs ocupadas. 

Histórico de Conteúdo