Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 - 11:00

Se União não comprar vacina da Pfizer até 19 de março, Bahia vai iniciar negociação

por Ailma Teixeira

Se União não comprar vacina da Pfizer até 19 de março, Bahia vai iniciar negociação
Foto: Divulgação/ BioNTech

Após meses de negociação sem avanço, a Pfizer estabeleceu um prazo até o dia 19 de março para fechar a compra de vacinas contra a Covid-19 pelo governo federal. Se até lá a União não firmar contrato, a empresa vai discutir a venda de seu imunizante para o governo da Bahia.

 

A informação foi repassada pelo governador Rui Costa à CBN e à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

 

Procurada pelo Bahia Notícias, a Secretaria de Comunicação do Estado confirmou o prazo e a negociação. No entanto, afirmou que a quantidade de doses ainda não foi definida.

 

Questionada se a compra seria individual ou por meio do Consórcio Nordeste, a assessoria disse que isso também não está decidido. Porém, foi confirmada a possibilidade de negociar junto a outros estados.

 

Nesta semana, a vacina da Pfizer teve seu uso definitivo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) (veja aqui). Já sendo aplicado em diversos países do mundo, a exemplo dos Estados Unidos, o imunizante apresentou eficácia de 94% contra o coronavírus.

Histórico de Conteúdo