Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Salvador lança 'vacinômetro' e conta com tecnologia para evitar fraudes na imunização
Foto: Bahia Notícias

A prefeitura de Salvador conta com a tecnologia para evitar fraudes na vacinação contra a Covid-19, iniciada nesta terça-feira (19) em cerimônia simbólica no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), na capital baiana (leia aqui e aqui). A gestão lançou uma plataforma online em que é possível acompanhar o número de pessoas vacinadas, de postos de vacinação, trabalhadores da saúde e até informações como sexo e raça e cor. O “vacinômetro” (veja aqui), de acordo com o secretário municipal da Saúde, Leo Prates, faz parte da estratégia da prefeitura para evitar que pessoas que não são do grupo prioritário para a imunização, e, portanto, não têm direito, sejam vacinadas.

 

O gestor da SMS foi o entrevistado do programa Bahia Notícias no Ar desta terça e explicou que cada equipe de vacinação possui um tablet com um programa em que são lançados os dados de cada pessoa vacinada.

 

“Por isso criamos o painel, a ideia é monitorar o número de pacientes. Acho difícil no projeto que criamos ter fraude. Para fraudar nesse momento só se utilizar nome de alguém para fazer, acho quase impossível”, analisou Leo Prates.

 

O secretário ainda ressaltou que outro fato que dificulta a fraude na vacinação é que as equipes de vacinação, 11 neste momento, estão indo até às instituições para vacinar as pessoas prioritárias. Como as vacinas ainda não estão disponíveis em quantidade que beneficie todo o grupo de risco, formado na capital com 570 mil pessoas, Salvador dividiu o grupo previso para a fase um. Neste momento estão sendo vacinados apenas os profissionais da saúde do enfrentamento a Covid-19 e os idosos em instituições de longa permanência.

 

A intenção da SMS é vacinar 22 mil pessoas até o sábado (23), antecipou Leo. Ele esteve ao lado do governador Rui Costa, do prefeito de Salvador Bruno Reis (DEM), do secretário de Saúde do estado Fábio Vilas-Boas, além de representantes da Osid, na cerimônia que marcou o início da vacinação.

Histórico de Conteúdo