Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Não tem condição de não sermos protagonistas', diz Coronel sobre PSD em 2022
Foto: Bahia Notícias

O senador Angelo Coronel defendeu que seu partido, o PSD, tenha mais espaço nas eleições de 2022. Apesar de reconhecer que há nomes importantes no grupo político que integra, o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) defende que a sua legenda tenha direito a disputar a cabeça de chapa tanto na disputa nacional quanto na estadual. A informação foi dada nesta terça-feira (22), em entrevista concedida no Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3.

 

"Um partido grande, um dos maiores do país. Não temos condição não de sermos protagonistas, de sermos sempre coadjuvantes... Eu discordo. Eu sei que tem membros do partido que discordam. Mas eu defendo sempre que o partido tenha candidatura própria para a presidência da República e para o governo do Estado", declarou.

 

Para Coronel, "não é que os outros partidos não tenham nomes bons", mas o PSD também tem membros que podem ocupar esses espaços.

 

"Se o senador Otto Alencar desejar ser o candidato a governador, estarei com ele. É uma pessoa com experiência, testado. Então eu torço que Otto venha a ser nosso governador. Evidente que temos nomes de outras legendas, como João Leão do PP, Jaques Wagner do PT. Mas eu defendo o nome de Otto Alencar.

 

O Bahia Notícias no Ar vai ao ar de segunda a sexta, entre 12h e 13h, com apresentação de Patrícia Abreu e Mauricio Leiro.

Histórico de Conteúdo