Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 07 de Dezembro de 2020 - 16:02

ACM Neto critica posição do governo federal e ameaça ir à Justiça para comprar vacina

por Matheus Caldas / Lula Bonfim

ACM Neto critica posição do governo federal e ameaça ir à Justiça para comprar vacina
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias

O prefeito ACM Neto (DEM) demonstrou indignação ao comentar a inércia do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) acerca do planejamento para a imunização da população contra a Covid-19. Segundo o gestor soteropolitano, ele está disposto a buscar o poder judiciário para garantir a compra da vacina.

 

“A gente está conversando com o governo de São Paulo e com o [Instituto] Butantan. Mas tem uma coisa que precede, que é a liberação da Anvisa. Caso contrário, terá que começar a haver um movimento em direção ao judiciário, para que libere a vacina. Ainda não há vacina liberada no Brasil, então como é que eu vou marcar data?”, disse ACM Neto.

 

“O governo federal, infelizmente, abdicou do planejamento, da preparação. Não há conversa, não há articulação do Ministério da Saúde com os estados ou municípios. Isso é gravíssimo”, reclamou o prefeito de Salvador.

 

“Pelo amor de Deus, não é razoável o que está acontecendo no Brasil. Eu espero que, a vacina sendo segura, aconteça o quanto antes. Ou a Anvisa vai liberar ou vamos ter que recorrer à Justiça. Eu já disse a Léo [Prates, secretário municipal da Saúde]: tendo vacina para comprar, nós vamos à Justiça para pedir o direito de comprar”, finalizou.

Histórico de Conteúdo