Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

PF deflagra operação na Bahia contra grupo que fraudou mais R$ 10 milhões
Foto: PF-BA

Em mais uma operação contra fraudes a benefícios previdenciários ou assistenciais na Bahia e outros estados, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Cucurbitum, na manhã desta quarta-feira (2). Os agentes cumprem dois mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão, todos em Jeremoabo, no norte do estado, contra um grupo que teria fraudado mais de R$ 10 milhões.

 

De acordo com a PF, apurações iniciais indicam que o grupo criminoso atuava pelo menos desde 2017, com a criação de contas fictícias, mediante a utilização de documentos falsos, a fim de obter os benefícios fraudulentos. Na maioria dos casos, se tratava do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago pelo INSS a pessoas com mais de 65 anos e/ ou portadoras de deficiência.

 

Com isso, segundo a corporação, o prejuízo milionário supera a marca de R$ 10 milhões. O montante é relativo a cerca de 150 benefícios suspeitos, mas a expectativa é de que esses números cresçam à medida em que a investigação avance.

 

Os suspeitos já identificados responderão por diversos crimes, como organização criminosa, estelionato previdenciário, falsificação de documento público e uso de documento falso. As penas somadas podem chegar a mais de 25 anos de prisão.

Histórico de Conteúdo