Apuração investiga participação de policiais em desaparecimento de mecânico
Foto: Reprodução / TV Bahia

O desaparecimento de um homem que já dura nove dias pode ter o envolvimento de policiais. É o que suspeita a família do mecânico Ruan Carlos Maia, de 31 anos. Por conta da suspeita, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) instaurou uma investigação que é conduzida pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Segundo o G1, a Polícia Civil informou que familiares e testemunhas já prestaram depoimento no Draco, que tenta localizar o mecânico.

 

A polícia não deu mais detalhes sobre o caso, afirmando que o fato poderia prejudicar o andamento das investigações. Para a família, a principal pista do desaparecimento é um vídeo de câmeras de segurança instaladas na área externa de galpões no bairro de Pirajá. Neste lugar, o carro de Ruan Carlos foi encontrado horas depois do desaparecimento. Ruan é pai de uma adolescente de 13 anos, e a última vez que ele falou com parentes foi no dia 8 de outubro.

Histórico de Conteúdo