Olívia discute importância do diagnóstico precoce do câncer de mama
Foto: Amanda Oliveira

Uma das atividades de campanha da deputada estadual e candidata à Prefeitura de Salvador Olívia (PCdoB) foi uma visita ao projeto "Movimentar", no bairro de Pau da Lima, na manhã deste sábado (17). Na ocasião, a representante da coligação "Experiência, Amor e Raça" (PCdoB e PP) na disputa majoritária conversou com mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. 

 

"É fundamental garantir a realização de consultas e exames, a partir dos 40 anos, para o rastreamento e controle da doença. Além disso, nós, mulheres, temos que ter responsabilidade com o nosso corpo e fazer sempre o autoexame”, ressalta Olívia, que é presidenta da comissão de Mulheres da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

 

O plano de governo da candidata tem como uma de suas diretrizes a atenção integral à saúde da mulher, respeitando os direitos sexuais e reprodutivos e também observando as questões de gênero e sexualidade. O documento inclui estratégias e ações de prevenção que permitam a detecção precoce do câncer, assim como o diagnóstico e tratamento céleres.

 

Em sua campanha, a candidata destaca a necessidade de implementar a Lei Maternidade Certa e a construir a Maternidade Municipal, junto ao desenvolvimento de iniciativas integradas para monitorar a mortalidade materna no município. "É preciso também disponibilizar, nas unidades básicas de saúde, todos os métodos contraceptivos necessários ao planejamento familiar, garantir a realização de exames de pré-natal para 100% das gestantes e promover ações educativas, visando a prevenção da gravidez precoce", destaca.

 

Ela pontua que a capital baiana tem ainda cobertura de atenção básica insuficiente em quantidade e qualidade, com 149 unidades de saúde na área e 317 equipes de saúde da família.

 

As informações deste texto foram encaminhadas pela assessoria de imprensa do candidato.

Histórico de Conteúdo