Quinta, 17 de Setembro de 2020 - 09:00

Coronel conta com apoio de Guedes para liberar jogos de azar no Brasil

por Lucas Arraz

Coronel conta com apoio de Guedes para liberar jogos de azar no Brasil
Foto: Bahia Notícias

O senador pela Bahia, Angelo Coronel (PSD) declarou nesta quinta-feira (17) que tem o apoio do ministro da economia Paulo Guedes para aprovar um projeto que irá liberar os jogos de azar no Brasil. Além da chegada de grandes cassinos, o senador defendeu a legalização do jogo do bicho, bingos e caça-níquéis no país, mesmo a revelia da bancada evangélica no Congresso.

 

“Escuto que a bancada evangélica pode ser resistência à matéria. Se as igrejas querem anistia de impostos, precisam esquecer a religião e ajudar a aprovar medidas que vão ajudar a aliviar o bolso e a carga tributária do Brasil. Tem que deixar de pensar na forma identitária e pensar no Brasil”, disse. Segundo Coronel, os jogos de azar podem gerar R$  60 bilhões por ano no país, com R$ 20 bilhões convertidos em impostos. As igrejas pediram anistia de cerca de R$ 1 bilhão em impostos. A matéria foi vetada por Bolsonaro e será avaliada pelo Congresso Nacional. 

 

“A gente precisa entrar com receita nova. Só assim podemos reduzir os impostos”, argumentou Coronel em favor dos jogos de azar. O senador se reuniu com o ministro de Bolsonaro, Paulo Guedes, para discutir o tema: “Ele achou minha proposta ousada e apoiou totalmente. Só indicou que precisamos de força política para aprovar a Legislação de jogos.”

Histórico de Conteúdo