Campanha de bolsonaristas por Damares no STF chega a gabinete de ministros, diz coluna
Foto: Reprodução/ A Tribuna

A campanha promovida por bolsonaristas para que a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, seja indicada para a próxima vaga ao Supremo Tribunal Federal (STF) começou a circular em gabinetes da Corte. Os apoiadores da ministra querem que ela assuma a vaga do decano Celso de Mello, que vai se aposentar em novembro.

 

"Quero ver a senhora no STF, ministra Damares" e "Damares no STF!", foram algumas das mensagens encontradas nas redes sociais. De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o movimento tem surpreendido até pessoas próximas à ministra.

 

Por outro lado, Damares não está no grupo de apostas. Segundo a publicação, membros da equipes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e também do Congresso Nacional indicam que o mais cotado atualmente é o atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira. Outros nomes ventilados são os ministros da Justiça, André Mendonça, e da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário.

Histórico de Conteúdo