Ministério da Economia consulta indústria sobre aumentos de preço de outros produtos
Foto: Reprodução/ Secovi SP

Após o aumento no preço arroz, o Ministério da Economia enviou um pedido de informações a diferentes setores produtivos, a fim de identificar aumentos de preços. O objetivo é saber se há pontos de estresse em cadeias produtuvas, a exemplo da siderúrgica, têxtil, química, de máquinas e automotiva.

 

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a pasta avalia se, em caso de aumento, os reajustes podem se alongar. Alguns produtos já são vistos como potenciais alvos de reclamação, caso do aço e do cimento.

 

Representantes de setores ouvidos pela publicação avaliam que esse aumento é decorrente da longa parada determinada na pandemia, o que provocou escassez de alguns insumos. No entanto, com o retorno acelerado do consumo, a expectativa é de que a alta nos preços não dure muito.

Histórico de Conteúdo