Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Coaf identifica pagamento de Wassef a médico que atendeu Fabrício Queiroz
Foto: Reprodução/TV Globo

O advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, pagou um valor de R$ 10,2 mil para o urologista Wladimir Alfer que atende no Hospital Albert Einstein em São Paulo e foi médico de Fabrício Queiroz. O pagamento consta em um relatório do Conselho do Controle de Atividades Financeiras (Coaf), obtido pelo jornal O Globo e divulgado em reportagem nesta terça-feira (25). 

 

A matéria traz que Alfer foi o primeiro médico a atender o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz. A consultya ocorreu em dezembro de 2018, quando ele iniciou uma série de exames para o tratamento de câncer no intestino.

 

A informação que consta no relatório vai de encontro ao que é dito pelo advogado, que em entrevistas recentes negou ter oferecido ajuda financeira a Queiroz.

 

Fabrício Queiroz é suspeito de envolvimento em um suposto esquema de "rachadinha" no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na época em que o filho do presidente era deputado estadual.

 

De acordo com O Globo, o relatório do Coaf foi enviado para o Ministério Público Federal no Rio, Ministério Público do Rio e para a Polícia Federal em 15 de julho. 

Histórico de Conteúdo