Ministra da Informação do Líbano deixa cargo em meio à crise no país
Foto: Reprodução/Google Maps

Os efeitos da explosão que devastou Beirute, no Líbano na terça-feira (4) seguem sendo notados. Desde o episódio, o país entrou em crise e neste domingo a ministra da Informação do país, Manal Abdel Samad, anunciou sua renúncia. As informação são do G1.

 

O desastre deixou mais de 150 pessoas mortas, 6 mil ficaram feridas e outras 300 mil ficaram desabrigadas.

 

Manal foi a primeira integrante do governo a deixar o cargo depois da pressão com as acusações de negligência e incompetência das autoridades.

 

A rneúncia foi anunciada em um pronunciamento através da TV. "Depois do enorme desastre em Beirute, apresento minha renúncia do governo", declarou a ministra. "Peço desculpas aos libaneses, não atendemos às suas expectativas", acrescentou.

Histórico de Conteúdo