Em audiência com Guedes, Roma diz que novo imposto no Brasil é 'agenda superada'
Foto: Rebeca Menezes / Bahia Notícias

O deputado federal João Roma (Republicanos) afirmou nesta quarta-feira (5) que a criação de um novo imposto é “agenda superada” no Brasil. A indicação foi dada durante audiência pública da comissão mista que analisa a reforma tributária. O evento contou com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

“Tenho certeza, ministro, que essa agenda, a criação de um imposto que pese mais no pobre, uma vez que ele é injusto, como a CPMF ou algo parecido, é uma agenda superada. Então, espero que o senhor receba nosso apelo para tentar abordar todas as possibilidades antes de insistir numa tecla como essa”, disse Roma durante sua explanação.

 

“O que nós precisamos, sim, ministro, e o soa como música quando o senhor comenta, é desse novo Brasil, um Brasil mais modernizado, simplificado, transparente, que de fato possa promover uma verdadeira justiça, não só social, como também fiscal”, complementou Roma.

 

Na reunião, Guedes indicou que o novo imposto é assunto para ser conversado “mais à frente”. Ele, contudo, defendeu a proposta do imposto novo sobre operações sobre serviços digitais, como os da Netflix. “A economia está mais digitalizada e não conseguimos tributar corretamente. E estamos estudando isso”, afirmou o ministro, segundo o jornal Correio Braziliense. 

Histórico de Conteúdo