Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

José Nunes rebate acusação de falso teste da Covid-19: 'Prefeito tenta criar factoide'
Foto: Reprodução / Instagram

A prefeitura de Euclides da Cunha comunicou, nesta quinta-feira (30), que demitiu o médico Antônio Alves S. Filho, que atuava na  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. O médico é responsável pela emissão de um atestado negativo para Covid-19 em favor do deputado federal José Nunes (PSD) e sua esposa, a ex-prefeita local e pré-candidata, Fátima Nunes Soares. 


De acordo com a prefeitura, os atestados divulgados pelo casal por meio de redes sociais são falsos. Por meio nota, a prefeitura de Euclides da Cunha alega que “eles dois nunca estiveram no local para realizar o exame”. 


A gestão acrescenta ainda que, “ao tomar conhecimento da situação, [divulgação dos atestados] o diretor médico da unidade, Dr. Gilberto da Silva, emitiu nota de esclarecimento informando que não constava no sistema de notificações da UPA nenhum registro de atendimento, ou seja, a ex-prefeita e o deputado não realizaram testagem na unidade, e que, portanto, não podia atestar a veracidade da origem dos laudos apresentados”.


Para o deputado José Nunes (PSD) atitude do prefeito é uma tentativa de criar “factoide”. A expressão significa a “fato ou notícia forjada com o intuito de atrair a atenção da opinião pública”.  Ao Bahia Notícias, Nunes classificou a atitude como “irresponsável” e “estúpida” e garantiu que tratará a situação por vias judiciais.


“O que ocorreu é que meu motorista foi testado semana passada. Eu tive o cuidado de fazer o teste porque viajamos no mesmo carro. Fizemos os testes, todos negativos. Ele está querendo gerar um fato político. O médico também vai entrar na Justiça. Sou um homem sério”, diz. 


Questionado sobre os procedimentos adotados na unidade onde diz ter realizado o exame o deputado reafirma: “Tudo foi feito dentro da normalidade. Ele tá querendo criar factoide. Foi feito tudo dentro da legalidade e eu vou poder provar. Ele que está cometendo um crime. Expondo a mim, a minha esposa e ao médico. Isso é muito grave, levantando uma situação e pedindo as pessoas que estiveram conosco para fazerem teste”.

 

VEJA POSTAGEM FEITA POR FÁTIMA NUNES SOARES: 

 

 

VEJA COMUNICADO DA PREFEITURA DE EUCLIDES DA CUNHA:

 

 

Histórico de Conteúdo