PSL se posiciona contra invasão de hospitais após episódio de Capitão Alden no Riverside
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Após o deputado estadual Capitão Alden (PSL) causar tumulto ao realizar uma visita forçada ao Hospital Riverside, em Lauro de Freitas, nesta quarta-feira (17) (leia mais aqui e aqui), o PSL da Bahia emitiu nota em que diz não concordar com ações desta natureza. No texto, o partido rechaça a invasão a hospitais “ou qualquer ato arbitrário, seja por parlamentares ou quaisquer outros filiados à sigla”.

 

“É prerrogativa do parlamentar fiscalizar as ações do Poder Executivo. Entretanto, principalmente nesse momento de pandemia da Covid-19, é necessário cautela, respeito e cuidado com pacientes internados e com profissionais que trabalham nas unidades de saúde”, diz trecho da nota enviada à imprensa.

 

O texto do PSL ainda ressalta que ações de fiscalização ostensiva diretamente em locais públicos cabem aos órgãos competentes como Ministério Público, Tribunal de Contas e Polícias, “dentro de um procedimento legal”.

Histórico de Conteúdo