PSD de Otto Alencar amplia espaço no governo de Jair Bolsonaro
Foto: Reprodução / Agência Senado

O PSD do senador Otto Alencar vai faturar mais um cargo no governo de Jair Bolsonaro: o comando da Telebrás, empresa recriada no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. A estatal está na lista lista de estatais a serem privatizadas, mas, de acordo com O Globo, o processo nunca andou. 

 

A Telebras é dona de uma rede de fibra ótica de 32 mil quilômetros que viabiliza banda larga em 1.524 municípios. O presidente do PSD, Gilberto Kassab, é ex-ministro das Comunicações e teria conhecimento da importância da estatal. 

 

Apesar da aproximação do seu partido com o governo, Otto vem reafirmando que a sigla na Bahia não aceitará cargos (veja aqui). A indicação é estratégia do presidente de se construir uma base no Congresso Nacional e a segunda do PSD, que também levou a Funasa com o coronel Giovanne Gomes da Silva.

Histórico de Conteúdo