Marco Aurélio diz não concordar 'em nada' com mensagem de Celso de Mello
Foto: Reprodução / Jota

O ministro Marco Aurélio Mello revelou que não concorda "em nada" com a mensagem enviada pelo também ministro Celso de Mello, ao citar Hitler e dizer que o Brasil corre risco de uma intervenção militar (relembre aqui).

 

Em entrevista ao portal Jota, Marco comentou que “não bastasse crise de saúde e econômica”, o país está vivendo uma crise institucional. Nesse cenário, segundo o ministro, “não convém” conflito entre STF e Executivo.

 

“Precisamos de bombeiros, não incendiários", completou o ministro do Supremo.

Histórico de Conteúdo