Sábado, 30 de Maio de 2020 - 17:45

Rui dialoga com poderes para definir novos parâmetros orçamentários

por Jade Coelho

Rui dialoga com poderes para definir novos parâmetros orçamentários
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), está em diálogo com os demais poderes para negociar novos parâmetros orçamentários para o estado em virtude do impacto econômico da pandemia do novo coronavírus nos cofres públicos. De acordo com Rui, que concedeu entrevista à CNN na tarde deste sábado (30), a previsão é de que 30% na queda da arrecadação do estado.

 

O gestor baiano ainda comentou sobre a ajuda aos estados e municípios sancionada pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). Rui afirmou que a ajuda não será suficiente e que deve corresponder a no máximo 50% expectativa de receita do estado, e por isso o governo estadual pretende negociar novos parâmetros orçamentários para buscar forte contingenciamento.

 

Rui foi questionado sobre a Operação Placebo da Polícia Federal, que teve como alvo o governador do Rio, Wilson Witzel, que é investigado em esquema de fraudes na saúde. O governador da Bahia afirmou não temer ser alvo de operações do tipo, uma vez que preza pela “absoluta transparência”. De acordo com o governador, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público foram convidados para compor e acompanhar o processo de decisão. “Não temos nada a temer”, cravou.  

 

Durante a entrevista o governador da Bahia ainda comentou sobre o combate às fake news.  Rui condenou o compartilhamento de notícias falsas e falou da necessidade de punição de quem cria e compartilha esse tipo de informação.

 

Entre os exemplos citados pelo petista estão a indução da população ao erro ao apontar medicamentos que supostamente curam a Covid-19. Rui destacou a necessidade de diferenciar liberdade de expressão e opinião de desinformação.

Histórico de Conteúdo