Prefeitura e PM fazem primeira operação conjunta em favor do isolamento
Foto: Jefferson Peixoto / Secom

A Polícia Militar (PM) irá auxiliar a força-tarefa da Prefeitura que fiscaliza o cumprimento dos decretos municipais que visam o isolamento social como medida preventiva à disseminação do novo coronavírus. Na primeira operação nesta terça-feira (31), 120 fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), de agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e policiais interditaram seis estabelecimentos que estavam em funcionamento na região de Cajazeiras. 

 

A operação conjunta aconteceu após o prefeito ACM Neto solicitar junto ao governador Rui Costa o apoio da PM para fortalecer a fiscalização dos bairros periféricos. O objetivo principal é, com o isolamento e distanciamento social, proteger a vida das pessoas. Os estabelecimentos interditados até o momento foram uma casa de show, duas barbearias e três bares. Além disso, a força-tarefa atuou para impedir aglomerações em locais como praças e quadras esportivas. 

 

"É importante ampliar ainda mais a necessidade do isolamento social, como determina a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde e a própria Prefeitura. Por isso, foi solicitado o apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP do Estado para compor essa operação conjunta, ampliando o poder de fiscalização. É importante lembrar que a Prefeitura não vai permitir o descumprimento dos decretos", afirmou o secretário da Sedur, Sérgio Guanabara. 

 

O foto da fiscalização são as localidades que costumam concentrar um maior número de pessoas. Vale lembrar que estão em vigor decretos que limitam ou suspendem atividades do comércio de rua, bares, restaurantes, centros de compra, escolas, autoescolas, universidades, lojas de conveniência, equipamentos culturais, parques e academias, para citar algumas medidas amplamente divulgadas. Em relação a templos religiosos, celebrações são permitidas desde que não superem o número de 50 pessoas e garantam o distanciamento necessário entre elas. 

 

Caso o cidadão identifique algum estabelecimento descumprindo as determinações da Prefeitura, é possível efetuar denúncia através do site falasalvador. ba. gov. br, pelo e-mail ouvidoria @ salvador. ba. gov. br, pelo telefone 160 ou, ainda, pelo Instagram @ouvidoriadesalvador.

Histórico de Conteúdo