Targino rebate colegas e diz que não havia galinhas em transmissão de sessão virtual
Foto: Reprodução / TV AL-BA

O deputado estadual Targino Machado (DEM), ex-líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), negou nesta sexta-feira (30) a existência de galinhas no fundo da sua imagem durante transmissão da primeira sessão remota da Casa. 

 

Deputados da bancada de oposição e governo manifestaram desconforto com a participação do deputado usando uma máscara e com as supostas galinhas durante a transmissão virtual da sessão que reconheceu estado de calamidade pública na Bahia (lembre aqui). 

 

“O primeiro ponto é que não há criação de galinhas ao fundo da minha imagem”, declarou Targino. “Possivelmente, houve algum equívoco visual”, ponderou. Enquanto as máscaras, o deputado declarou que continuará fazendo uso do produto hospitalar pelo bem da sua saúde. “Por ser médico, posso estar preconizando o excesso de zelo, talvez por conhecer a velocidade de transmissão e a alta virulência do inimigo. Mas se não gostaram da cor, irei trocá-la”, completou. 

 

Outro fato que incomodou os deputados, foi a presença do macaco Alcebíades Moraes, bicho de estimação de Marcell Moraes, que participou da sessão remota. O deputado tucano foi procurado, mas não conseguiu ser localizado para comentar se o macaco está presente na próxima votação.

 

O presidente Nelson Leal (PP) confirmou ao Bahia Notícias que teria uma reunião nesta segunda-feira (30) para acertar os ritos da próxima sessão virtual da AL-BA, marcada para esta terça. 

Histórico de Conteúdo