Rui Costa 'proíbe' realização de ato contra isolamento social agendado para domingo
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Uma carreta promovida por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está programada para acontecer no domingo (29), em Salvador a partir das 10h da manhã, com saída do novo Centro de Convenções da capital baiana. O movimento é batizado de “Não Para Salvador”. Por conta da pandemia do coronavírus, o estado da Bahia está em estado de emergência e aglomerações estão vetadas. Se depender do governador Rui Costa (PT), esse evento não irá acontecer. Ele determinou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) a agir com rigor para coibir a manifestação (saiba mais aqui).

 

"A Secretária da Segurança (SSP) não permitirá manifestações de quem pensa no lucro e quer matar pessoas. Eu vi hoje de manhã cards convocando carreata. Essas pessoas, para serem honestas, consigo mesmo e com os outros, ao invés de propor carreata, em que eles ficam em carro de luxo de R$ 200 mil deveriam deixar o carro na garagem e pegar o buzu, o metrô e van, em que o povo anda. Propor carreata dentro de carro de luxo de R$ 200 mil é fácil (...) Determinei que a Secretaria de Segurança aja com rigor, porque nós estamos em estado de calamidade de saúde pública. Aqueles que só pensam somente  na máquina registradora, nós não vamos permitir que essas pessoas incentivem a o ódio e a morte de outros seres humanos", declarou o governador. 

 

Até o momento a Bahia contabiliza 123 casos de coronavírus e nenhum óbito.

Histórico de Conteúdo