Domingo, 23 de Fevereiro de 2020 - 12:02

'A orientação é agir quando marginais queiram violentar cidadãos de bem', diz Rui sobre PM

por Fernando Duarte / Júnior Moreira Bordalo

'A orientação é agir quando marginais queiram violentar cidadãos de bem', diz Rui sobre PM
Foto: Fernando Duarte / Bahia Notícias

O governador da Bahia Rui Costa reuniu a imprensa em uma tenda montada no Campo Grande, na manhã deste domingo (23), e falou sobre a mudança da postura da Polícia Militar durante o Carnaval de Salvador 2020. De acordo com o gestor, a ideia é “um ajuste fino para cada situação”. “Como eu disse há pouco, estava quinta-feira no trio de Bell [Marques] e saí de lá me perguntando que eu gostaria de ver um dia a análise de um sociólogo, psicólogo, psiquiatra sobre comportamento de muitos homens que ao invés de curtir, namorar, abraçar, beijar, preferem brincar de dar murros. Você via que eram pessoas que se conheciam, não estavam brigando. Porém, dançam com muita energia, dando soco um no outro e depois estão  se beijando. Perguntava-me que amor violento era esse”, indagou

 

Segundo o petista, neste momento a Polícia não fez intervenção. “De fato era uma brincadeira. Não é o meu padrão [brincar assim]. Não cabe intervenção da polícia. A orientação é agir quando marginais, bandidos, malandros queiram violentar cidadãos de bem”, ressaltou. Por fim, reafirmou que segue apenas se baseando nos indicadores numéricos. “Estão parecidos com o do ano passado”.

Histórico de Conteúdo